Últimas notícias

Hoje na história

RSS
12 de março de 1993.

A Coreia do Norte retira-se do Tratado de Não-Proliferação Nuclear. O país se recusa a permitir a inspeção de sua produção de armas nucleares por oficiais Ocidentais


O Tratado de Não-Proliferação Nuclear é um tratado entre Estados soberanos assinado em 1º de julho de 1968.

Considerado pelos seus signatários como pedra fundamental dos esforços internacionais para evitar a disseminação de armas nucleares e para viabilizar o uso pacífico de tecnologia nuclear da forma mais ampla possível, paradoxalmente apoia-se no princípio da desigualdade de direitos, e procurar congelar a chamada geometria do poder nuclear em nome da conjuração do risco de destruição da civilização.

Em sua origem tinha como objetivo limitar as armas nucleares dos cinco países que o assinavam - Estados Unidos, União Soviética, China, Grã-Bretanha e França. A China e a França, entretanto, não ratificaram o tratado até 1992.

Os cinco países citados são membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas (como a União Soviética não existe mais, em seu lugar está a Rússia) estão obrigados, pelos termos do tratado, a não transferir armas nucleares para os chamados países não-nucleares, nem auxiliá-los a obtê-las.

A Coreia do Norte se retirou do Tratado de Não-Proliferação Nuclear em 12 de março de 1993.


Tags: Tratado, Coréia, Proliferação Nuclear






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 18.10

  • Dia de São Lucas
  • Dia do Anjo Ayel
  • Dia do Estivador
  • Dia do Médico
  • Dia do Pintor
  • Dia do Securitário