Últimas notícias

Hoje na história

RSS
20 de junho de 1963.

Criado o Telefone Vermelho, linha direta entre Washington e Moscou

O Sargento da Força Aérea John Bretoski (à esquerda) e o tenente-coronel do Exército Charles Fitzgerald (à direita) durante um teste das teleimpressoras Cirílico. Copyright AP, 1693-1967.

A expressão Telefone vermelho, também conhecida em inglês como Moscow - Washington Hotline, foi uma linha direta de comunicação entre os governantes dos EUA e da URSS criada na década de 1960, projetada pela Harris Corporation. Era uma linha entre os dois países, utilizada para aplacar diretamente as divergências e evitar conflitos entre as duas maiores potências mundiais durante a Guerra fria.


Um teletipo da Alemanha Oriental Siemens T63-SU12 do hotline, exibido no National Cryptologic Museum da NSA.

Implantação

A "Hotline", como viria a ser conhecida, foi criada em 20 de junho de 1963 durante o Comitê de Desarmamento das Nações na cidade de Genebra, Suíça, através do “Memorando de Entendimento Relativo à Criação de uma Linha Direta de Comunicação”, assinado por representantes da União Soviética e dos Estados Unidos. Após os acontecimentos da Crise dos Mísseis em Cuba, ficou claro que a comunicação direta entre as duas potências nucleares era uma necessidade. Durante a crise, os Estados Unidos levaram quase 12 horas para receber e decodificar a mensagem com 3000 palavras de Nikita Khruschev, então secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética, um tempo perigosamente longo em se tratando da estratégia de brinkmanship nuclear. Enquanto os Estados Unidos elaboravam uma resposta, uma mensagem mais dura a partir de Moscou foi recebida exigindo que os mísseis americanos fossem removidos da Turquia. Assessores da Casa Branca pensaram que a crise poderia ter sido resolvida mais rapidamente e até evitada se a comunicação tivesse sido mais rápida. Esta ligação foi criptografada utilizando as informações teoricamente seguras do criptossistema one-time pad.


Um "Telefone vermelho" sem disco ou teclado, que está em exposição no Jimmy Carter Library and Museum. Este telefone é apenas um suporte, erroneamente representando como a linha direta entre Washington e Moscou.

Atualizações

Em setembro de 1971, decidiu-se atualizar o sistema com melhor tecnologia. Os países concordaram também pela primeira vez sobre quando a linha deveria ser usada. Especificamente, eles concordaram em comunicar de imediato casos de incidentes acidentais ou não autorizados envolvendo armas nucleares, que poderiam aumentar o risco de uma guerra nuclear.

Um telefone foi instalado, e a linha telegráfica principal foi complementada por duas novas linhas de comunicação via satélite, uma formada por dois satélites americanos Intelsat e a outra composta por dois satélites soviéticos Molniya. Esta fase de atualização durou de 1971-1978, e no processo a linha de rádio de Washington - Tânger - Moscou foi eliminada.

A mais recente rodada de atualizações ocorreu em 1986. A União Soviética usou satélites geoestacionários Gorizont no sistema Statsionar para substituir o Molniya II, e fac-símile de alta velocidade. Isto permitiu que os líderes dos dois países compartilhassem rapidamente documentos e outras informações.

Fonte: Wikipédia


Tags: telefone vermelho, guerra fria, hotline, Moscow - Washington Hotline






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 19.06

  • Dia de São Romualdo
  • Dia do Anjo Leuviah
  • Dia do Cinema Brasileiro
  • Dia do Cinema Brasileiro
  • Dia do Migrante
  • Dia do Vigilante