Últimas notícias

Hoje na história

RSS
18 de março de 1766.

Depois de 4 meses de protestos por parte de colonos norte-americanos, o Parlamento Britânico rejeita a “Lei do Selo”, uma medida tributária destinada a levantar fundos para a manutenção de um permanente exército inglês na América


A Lei do Selo (Stamp Act) foi aprovada pelo Parlamento Inglês em 22 de março de 1765, estabelecendo que todos os documentos em circulação na colônia americana deveriam receber selos provenientes da metrópole.

Segundo a nova ordem, os colonos tinham de afixar “selos” em todos os jornais, folhetos e em numerosos documentos legais. Como os selos eram ingleses, ao comprá-los, os colonos transferiam recursos para a Inglaterra.

O rei justificava essa lei argumentando que, com a Guerra dos Sete Anos (travada contra a França), o tesouro inglês havia se esgotado e os colonos deveriam ajudar a pagar as dívidas, contraídas também a favor dos interesses deles. Dispunha essa carta legal que todos os documentos legais e publicações nas colônias americanas tivessem um selo vendido por agentes ingleses.

Essa lei durou apenas um ano devido as reações da população, que se negava a pagar tal taxa votada em Londres, onde eles não tinham qualquer representante. A lei foi revogada em 18 de Março de 1766. Este incidente acrescentou combustível para o movimento que levou a Revolução Americana.

Tags: Stamp Act, Revolução Americana, imposto, Lei do Selo






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 19.09

  • Dia de São Geraldo
  • Dia de São Januário
  • Dia do Anjo Haamiah
  • Dia do Ortopedista
  • Dia do Teatro