Últimas notícias

Hoje na história

RSS
27 de junho de 1905.

A tripulação do couraçado russo Potemkin amotina-se em Sebastopol, e o navio se refugia no porto romeno de Constanza

O Couraçado Potemkin em 1905.

O couraçado Potemkin foi um navio de guerra da Frota do Mar Negro da Rússia. Foi construído nos estaleiros de Nikolayev em 1898 e entrou em serviço em 1904. Foi batizado em homenagem a Grigori Alexandrovich Potemkin, um militar do século XVIII.

A construção do navio foi baseada no Couraçado Tri Sviatitelia e numa versão modernizada da classe de Couraçados Peresviet. A couraça foi concebida tendo por base o Couraçado Britânico HMS Majestic.

Este navio tornou-se famoso devido à revolta da sua tripulação, que nele ocorreu em 27 de junho de 1905 devido às más condições em que operavam e como eram tratados pelos oficiais da embarcação, em função da derrota russa na Batalha de Tsushima e em plena Revolução de 1905.

Este levante pressagiou a Revolução de 1917. Tudo começou quando os marinheiros estavam cansados de serem maltratados, sendo que até carne estragada lhes era dada com o médico de bordo insistindo que ela era perfeitamente comestível. Alguns marinheiros se recusam em comer esta carne, então os oficiais do navio ordenam a execução deles. A tensão aumenta e, gradativamente, a situação sai cada vez mais do controle. Logo depois dos gatilhos serem apertados Vakulinchuk, um marinheiro, grita para os soldados e pede para eles pensarem e decidirem se estão com os oficiais ou com os marinheiros. Os soldados hesitam e então abaixam suas armas. Louco de ódio, um oficial tenta agarrar um dos rifles e provoca uma revolta no navio, na qual o marinheiro é morto. Mas isto seria apenas o início de uma grande tragédia.

Deste episódio o cineasta russo Sergei Ensenstein filmou em 1925 o clássico “O Encouraçado Potemkin”.

O Filme retrata a Revolução de 1905 na Rússia Czarista. País atrasado que iniciava seu desenvolvimento industrial graças aos investimentos estrangeiros, possuía um governo autocrático, com o poder centralizado nas mãos do Czar. Apesar de não possuir uma estrutura imperialista, seu comportamento em nível de política externa se assemelhava ao das grandes potencias, ou seja, procurava conquistar mercados, colonizando-os.
A tentativa de ocupar a Manchúria determinou o início da Guerra Russo-japonesa, que representou um desastre para a já combalida economia russa. Nesse contexto é que encontramos as grandes manifestações da época, como o Domingo Sangrento, a formação dos sovietes e a revolta dos marinheiros no porto de Odessa.

Fonte: Wikipédia


Tags: Revolução Russa, filme, cinema






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 13.11

  • Dia de São Diego de Alcalá
  • Dia do Anjo Pahaliah
  • Dia do Mau Humor
  • Dia do Moço Espírita
  • Dia Nacional da Família na Escola