RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Hoje na história - A seleção brasileira de futebol sagra-se pentacampeã mundial

Últimas notícias

Hoje na história

RSS
30 de Junho de 2002.

A seleção brasileira de futebol sagra-se pentacampeã mundial

O Capitão Cafú levanta a Taça da Copa do Mundo de 2002 no Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama no Japão

A Copa do Mundo FIFA de 2002 foi a décima sétima edição da Copa do Mundo FIFA de Futebol que reuniu 32 equipes entre os dias 31 de maio e 30 de junho de 2002. O Brasil conquistou pela quinta vez o título mundial, depois de derrotar a Alemanha na final.

Foi a primeira vez que dois países sediaram juntos o evento, a primeira vez que três seleções - França, Japão e Coreia do Sul - estavam classificadas automaticamente e a primeira vez que uma edição da Copa não aconteceu na Europa ou nas Américas. Foi um avanço do continente Asiático.

Foi a última edição do torneio, onde o campeão anterior do torneio garantia vaga direta na fase final da competição. A França, campeã da edição de 1998, foi a última privilegiada por este sistema. A partir do final deste Mundial, a seleção campeã teria que garantir vaga na próxima competição, jogando as Eliminatórias. A partir daí, somente o país-sede do próximo Mundial é que teria vaga direta na fase final, sem a necessidade de disputar as Eliminatórias.

Foi a Copa das grandes surpresas e decepções.

Do lado das surpresas contaram-se o Senegal (1 X 0 contra a França, 1 X 1 com a Dinamarca, 3 X 3 com o Uruguai, sendo eliminado só nas quartas-de-final pela Turquia, outra surpresa). Os turcos venderam caro a derrota para o Brasil, ficaram em 2º no grupo e perderam de novo para o Brasil, nas semifinais, por um 1 X 0. A Turquia pode queixar-se de um calendário de jogos mal feito, em parte devido ao fato do campeonato se disputar em dois países, dado que as equipes que se enfrentam na fase de grupos não devem voltar a jogar uma contra a outra, exceto na final. Na disputa do 3º lugar, a Turquia ganhou por 3 X 2 da Coreia do Sul, outra grande surpresa, apesar de claramente ter sido beneficiada de um modo escandaloso pela arbitragem, principalmente no jogo contra os italianos. A Coreia ganhou da Polônia, Portugal, Itália, eliminou a Espanha e ficou em 4º lugar no Mundial.

Do lado das decepções estão a França, Argentina, Itália e Portugal. A França, favorita ao título, foi eliminada logo na 1ª fase, com 1 empate, 2 derrotas e nenhum gol marcado.

A Argentina caiu no chamado "Grupo da Morte". Após ter vencido a Nigéria por 1 X 0, perdeu para a Inglaterra por 1 X 0 e sucumbiu diante da Suécia num empate em 1 X 1. A Itália se classificou no seu grupo no saldo de gols, mas foi eliminada nas oitavas-de-final pela Coreia do Sul. Curiosamente em 1966, a Itália foi eliminada pela Coreia do Norte. Portugal perdeu surpreendentemente para os Estados Unidos por 3 X 2, pareceu recompor-se com uma vitória sobre a Polônia, mas perdeu por 1 X 0 para a Coreia do Sul.

Brasil e Alemanha, os dois gigantes das Copas, chegaram a 2002 desacreditados por todos. No entanto, jogaram a final entre si. A Alemanha ganhou da Arábia Saudita por 8 X 0, Camarões 2 X 0, empatou 1 X 1 com a Irlanda, e depois venceu seus outros jogos todos por 1 X 0 até à final. O destaque alemão foi o goleiro Oliver Kahn, que só levou 3 gols durante o torneio.

O Brasil fez a seguinte campanha: 2 X 1 com a Turquia, 4 X 0 com a China, 5 X 2 com a Costa Rica, 2 X 0 frente à Bélgica, 2 X 1 sobre a Inglaterra, e 1 X 0 frente à Turquia. Na final, o Brasil ganhou por 2 X 0 da Alemanha. O Brasil chegou ao pentacampeonato, inédito, e igualou a Alemanha em número de finais consecutivas, três.

Na final o Brasil entrou em campo com a seguinte equipe: Marcos; Lúcio, Roque Júnior e Edmílson; Roberto Carlos, Gilberto Silva, Kléberson, Cafu (Capitão) e Ronaldinho Gaúcho; Rivaldo e Ronaldo.

No dia 30 de junho de 2002, no “International Stadium Yokohama”, em Yokohama no Japão, o Brasil derrotou a Alemanha por 2 a zero. Os dois gols foram de Ronaldo.

Ronaldpo, o fenômeno

Ronaldo foi o grande nome da Copa, pois todos duvidavam de sua capacidade física de disputar o mundial, devido a 2 anos de inatividade por causa de suas cirurgias no joelho. Os 4 R's brilharam: Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Rivaldo e Roberto Carlos. O técnico do Brasil foi Luiz Felipe Scolari.


O Capitão Cafú levanta a Taça da Copa do Mundo de 2002 no Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama no Japão.

Fonte: Wikipédia


Tags: Copa do Mundo, futebol, Ronaldo






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 16.08

  • Dia de São Estevão
  • Dia de São Roque
  • Dia do Anjo Elemiah
  • Dia do Filósofo