Últimas notícias

Hoje na história

RSS
Terça-Feira, 22 de Junho de 2003.

Papa pede perdão a bósnios e croatas


O papa João Paulo II pediu perdão, em 22 de junho de 2003, pelos crimes cometidos por católicos na região da Croácia e da Bósnia-Herzegovina durante as duas guerras mundiais do século XX.

Ele defendeu a reconciliação de muçulmanos, croatas católicos e sérvios ortodoxos como um meio para criar uma sociedade duradoura Os grupos ficaram divididos durante o conflito que se estendeu de 1992 a 1995. O Papa falou a cerca de 50 mil fiéis em uma missa ao ar livre, no Mosteiro de Petricevac, sob um calor intenso. A escolha do local foi simbólica. Durante a 2ª Guerra Mundial, um monge de Petricevac liderou croatas fascistas em um ataque a uma vila próxima, assassinando 2,3 mil sérvios. João Paulo II também beatificou Ivan Merz, um teólogo que dedicou a vida à Igreja no início do século XX

Tags: papa, perdão, vaticano,






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas