Últimas notícias

Hoje na história

RSS
Segunda-Feira, 10 de Julho de 1460.

Guerra das Rosas: Batalha de Northampton, o Conde de Warwick vence novamente e Henrique VI é feito prisioneiro

Guerra das Rosas

Após o desastre da Batalha de Ludford Bridge, a causa de York parecia perdida. Alguns dos líderes da Casa de York, Ricardo Neville (Salisbury) e seu filho (Warwick), assim como o futuro Eduardo IV, chegaram a Calais a 2 de novembro de 1459 onde se encontraram com Guilherme Neville, lord Fauconberg, enquanto que Ricardo de York e seu filho Edmundo, conde de Rutland, se retiravam para a Irlanda.

Na metrópole, os Lencastre aproveitam a fuga dos Iorquistas: o conde de Wiltshire é nomeado Lord Tenente da Irlanda, substituindo Ricardo de York, e Henrique Beaufort, 3.º duque de Somerset, torna-se capitão de Calais. Nenhum dos dois ocupa, apesar de tudo, as suas novas funções, pois o Parlamento da Irlanda recusa e as portas de Calais mantêm-se obstinadamente fechadas ao novo capitão.

Os Lencastre colocam à disposição de Henrique Beaufort uma frota para tomar Calais. Para atravessar o Canal da Mancha, a frota é construída em Sandwich, Kent. Mal a frota está operacional, Warwick organiza uma expedição sobre Sandwich e rouba os navios. Em maio, Warwick atravessa novamente o Canal da Mancha e destrói a nova frota em construção. Deixa em Sandwich o seu tio Guilherme Neville com soldados Iorquistas como testa de ponte para a invasão da Inglaterra.

A batalha

A 26 de junho de 1460 Warwick, Salisbury e Eduardo desembarcam em Sandwich com 2.000 homens. O rei e a rainha estão em Coventry com um pequeno exército. A 2 de julho de 1460 Warwick entra em Londres com um exército constituído por 20.000 a 30.000 pessoas.

As forças reais tomam posições em Northampton, sobre as terras da abadia de Delapré, protegidos por um fosso com água e uma paliçada. O exército é composto de 10.000 a 15.000 homens, dispondo também de artilharia de campanha.

Quando se aproxima, Warwick envia um representante ao rei para falar em seu nome. O líder das tropas dos Lencastre, o duque de Buckingham, responde que o conde de Warwick não se apresentará frente ao rei e caso o faça morrerá. Durante o tempo em que Warwick se aproximava de Northampton, ser-lhe-ia impedido o acesso ao rei por duas vezes. Uma vez em posição, envia a seguinte mensagem: Às duas horas, falarei com o rei ou morrerei.

Às duas horas, os Iorquistas marcham. Os homens avançam em colunas sob uma forte chuva. Perto dos adversários, Warwick enfrenta uma violenta chuva de setas; mas por outro lado, a chuva tornou inoperacionais os canhões dos Lencastre.

E é quando Warwick atinge o flanco direito dos Lencastre, liderado por Lord Grey de Ruthin, que surge a traição. Grey ordena aos seus homens que baixem as armas e permite que os Iorquistas tenham acesso ao acampamento real. O golpe é fatal para os Lencastre: em 30 minutos a batalha termina. Os defensores, não conseguindo manobrar no interior das fortificações, abandonam o campo de batalha.

O duque de Backingham, o conde de Shrewsbury e os lordes Engremont e Beaumont morrem tentando salvar Henrique VI dos Iorquistas que cercam a sua tenda.

Morreram 300 homens fiéis aos Lencastre no campo de batalha, sendo o rei capturado.

Fonte: Wikipédia





Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 04.12

  • 04 . Dia do Orientador Educacional
  • Dia de São João Damasceno
  • Dia do Pedicure
  • Dia do Perito Criminal
  • Dia do Repentista Gaúcho
  • Dia do Trabalhador das Minas de Carvão
  • Dia Mundial da Propaganda (Dia do Publicitário)
  • Dia Nacional do Ministério Público
  • Dia Santa Bárbara – Iançã