Últimas notícias

Hoje na história

RSS
03 de fevereiro de 2010.

A escultura “LHomme qui marche” do artista expressionista Alberto Giacometti, é vendida na Sothebys em Londres por 65 milhões de libras esterlinas (74,2 milhões de euros), estabelecendo um novo recorde mundial para uma obr

“LHomme qui marche” (em português “O Homem que caminha”)

L'Homme qui marche (em português O Homem que caminha) é uma escultura em bronze do artista expressionista Alberto Giacometti, atualmente propriedade de um colecionador privado.

A escultura é de 1961 e representa um homem, com 183 centímetros de altura, a caminhar. A peça é considerada uma das mais importantes obras do artista e um dos mais importantes ícones da Arte Moderna.

Em 3 de fevereiro de 2010 tornou-se na ocasião a mais cara obra de arte vendida num leilão ao ser transacionada por 65 milhões de libras esterlinas (74,2 milhões de euros) na Sotheby's de Londres.

O Dresdner Bank comprou a escultura em 1980. Em 2009 o Dresdner foi absorvido pelo Commerzbank AG, que por sua vez leiloou a um colecionador privado anônimo.


"L'Homme qui marche" numa nota de Franco suíço.

A escultura

A escultura de bronze mostra um homem solitário a meio-passo, com os braços pendurados ao seu lado. A peça é descrita como uma "humilde imagem, tanto de um homem comum, como de um poderoso símbolo da humanidade" Giacometti descreveu a escultura, por ter visto "o equilíbrio natural do passo" como um símbolo de força" do homem na sua própria vida" Em 1960, Giacometti foi convidado a fazer parte de um projeto público pela Chase Manhattan Plaza , em Nova York, para fundar figuras de bronze no exterior do edifício. Ele criou várias esculturas com o L'Homme qui marche I entre eles. Giacometti Giacometti teve dificuldades para desenvolver o projeto e acabou abrindo mão da encomenda. No entanto, em 1961, ele lançou o tamanho da vida de trabalho em bronze e expôs na Bienal de Veneza um ano depois. L'Homme Qui Marche I ,foi criado num período alto de Giacometti e representa o ápice de sua experimentação com a forma humana. A peça é considerada uma das mais importantes obras do artista e uma das imagens mais icônicas da arte moderna.

Edição número um da escultura está localizado no Museu de Arte de Carnegie, em Pittsburgh, Pensilvânia A edição número dois, pertence a uma coleção particular. Outros moldes de L'Homme qui marche I, incluem a Fundação Maeght, em Saint-Paul e na Galeria de Arte Albright-Knox, em Buffalo NY.

Fonte: Wikipédia


Tags: Escultura, expressionismo, Sothebys, leilão, L'Homme qui marche






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 19.09

  • Dia de São Geraldo
  • Dia de São Januário
  • Dia do Anjo Haamiah
  • Dia do Ortopedista
  • Dia do Teatro