Últimas notícias

Hoje na história

RSS
23 de maio de 1873.

Fundada a Real Polícia Montada do Canadá

Oficiais da North-West Mounted Police em 1898

A Royal Canadian Mounted Police (RCMP) teve início como North-West Mounted Police. A polícia foi criada por uma ato de regulamentação do Conselho Temporário do Noroeste (primeiro governo dos Territórios do Noroeste). A lei foi aprovada pelo Governo do Canadá e a guarda estabelecida em 23 de maio de 1873 pela Rainha Vitória com a recomendação do primeiro-ministro canadense John A. Macdonald, com intuito de trazer a ordem e a lei e afirmando a soberania sobre os Territórios do Noroeste.

A necessidade era particularmente urgente, pois de acordo com relatórios apresentados pelas empresas produtoras de uísque norte-americano ao governo do Canadá, entre elas a Fort Whoop-Up, existia instabilidades causadas na região por caçadores, nativos e moradores que prejudicavam no tráfego de veículos dos norte-americanos, um exemplo disso foi o Massacre de Cypress Hills envolvendo caçadores de lobos na busca de ladrões de cavalos e outros pertences resultando no final em uma chacina. A nova força policial foi inicialmente chamada de North West Mounted Rifles (em português: Montaria Armada do Noroeste), mas a proposta do nome foi rejeitada por soar demasiadamente militar na época, já que o primeiro-ministro John A. Macdonald não queria criar conflitos com os indígenas e os norte-americanos. No entanto, a nova força policial foi organizada dentro dos moldes do regimento de cavalaria do Exército Britânico, sendo que esse usava uniformes vermelhos. A North-West Mounted Police foi modelada na Real Guarda Irlandesa, uma força policial civil paramilitar mista, sendo uma tropa montada e outra a pé sob a autoridade do que era então o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda. O primeiro comissário da NWMP, o Coronel George Arthur French visitou a Irlanda para conhecer os métodos a serem espelhados.

A força policial, inicialmente comanda pelo Coronel French, foi montada em Fort Dufferin, ao sul de Manitoba. Partiram dali em 8 de julho de 1874 em marcha para a região que hoje é a província de Alberta. O grupo era formado por 22 oficiais, 287 homens - chamados policiais e sub-policiais - 310 cavalos, 67 vagões, 114 carros de boi, 18 juntas de gado, 50 vacas e 40 bezerros. Um relato pictórico da viagem foi registrada em um diário pertencente a Henri Julien, um artista da Canadian Illustrated News que acompanhou a expedição. O destino da tropa era a fábrica de uísque da Fort Whoop-Up localizada notoriamente na junção dos rios Oldman e Belly. Ao chegaram na fábrica a tropa montada encontra a fábrica abandonada, continuando a sua viagem indo a poucos quilômetros a oeste com destino para uma ilha no Rio Oldman, nomeando-a de Fort MacLeod.


Um policial da North-West Mounted Police em 1875.

Os historiadores têm especulado que o fracasso da 1874 March West não estaria completamente terminada, segundo a visão do governo canadense em assentar e colonizar a região para o oeste do país, todavia poderia essa uma estratégia a ser adiada por muitos anos. O governo também poderia ter convencido a Canadian Pacific Railway para projetar uma rota de linha férrea mais ao norte para a construção de sua ferrovia transcontinental, onde essa nova rota poderia passar por uma região já mapeada e com situação parcialmente bem resolvida, facilitando a ocupação da região, podendo fazer a passagem do vale do Rio North Saskatchewan através da Yellowhead Pass (um passo de montanha localizada na Divisória Continental do Canadá, dando assim acesso a Prince Albert, Batlleford e Edmonton, como foi originalmente proposto pelo engenheiro Sandford Fleming. O engenheiro teria oferecido qualquer justificação econômica para a existência de cidades como Brandon, Regina, Moose Jaw, Swift Current, Medicine Hat e Calgary, porém isso poderia trazer interesse ao expansionismo norte-americano que ocorrera época levando a crer que as planícies localizadas ao sul das pradarias canadenses não seriam ocupadas.

As atividades primordiais da NWMP, além de já incluir proteger o comércio de uísque, fazer acordos com os nativos do país, que possibilitando assim a regulamentação da segurança e da ocupação de várias regiões. Dessa maneira, os acordos com os nativos tornavam os comandantes das forças policiais organizadas na ocasião em meros juízes de paz, permitindo assim a autoridade magistral dentro da jurisdição da Polícia Montada.

Nos primeiros anos, a NWMP dedicava-se ao cumprimento de leis propostas e sancionadas pelo acordos com os nativos, dando sua autoridade não somente a Coroa britânica, mas também em nome dos nativos da região que ocupavam, incentivando assim a aproximação e o bom relacionamento dos nativos do Canadá com a Coroa. No verão de 1876, Touro Sentado e milhares de índios Sioux fugiram do Exército dos Estados Unidos e foram em direção à região que hoje é o sul de Saskatchewan. James Morrow Walsh da infantaria da NWMP na região, acolheu os indígenas no Parque Regional Wood Mountain, localizada próximo da região de destino dos indígenas e de Touro Sentado, e tomando pra si a tarefa de resolução do impasse entre os EUA e os indígenas, fazendo com que a região ao sul de Saskatchewan não tivesse mais problemas desse tipo.

Em 1885, o NWMP ajudou a sufocar a Rebelião de Saskatchewan liderado por Louis Riel, onde, especialmente na Batalha de Duck Lake onde os rebeldes tiveram grandes perdas e poucos ficaram vivos.

Fonte: Wikipédia


Tags: Canadá, Polícia Montada, Royal Canadian Mounted Police, North-West Mounted Police






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 26.05

  • Dia de N. Sra. de Caravaggio
  • Dia de São Filipe Néri
  • Dia do Revendedor Lotérico
  • Dia Nacional do Combate ao Glaucoma
  • Dia Nacional do Museu