Últimas notícias

Hoje na história

RSS
12 de Março de 2010.

O cartunista Glauco e seu filho Raoni são brutalmente assassinados em Osasco, São Paulo


Glauco Villas Boas (Jandaia do Sul, 10 de março de 1957 — Osasco, 12 de março de 2010) foi um desenhista, cartunista e líder religioso brasileiro. Ele pertencia à família dos sertanistas Orlando, Claudio e Leonardo Vilas Boas.

Foi premiado no Salão Internacional de Humor de Piracicaba em 1977 e na 2ª Bienal de Humorismo y Gráfica de Cuba.

Em 1984 começou a publicar no jornal Folha de São Paulo, onde desenvolveu os personagens Geraldão, Casal Neuras, Doy Jorge, Dona Marta e Zé do Apocalipse. Fez parte do elenco de redatores da TV Pirata e de alguns quadros do programa infantil TV Colosso, ambos da Rede Globo, para a qual também desenvolveu vinhetas.

Editou a revista Geraldão pela Circo Editorial entre 1987 e 1989 e, nesse período, foi colaborador das revistas Chiclete com Banana e Circo.

Músico, também tocava em bandas de rock. Para o público infantil, leitor do suplemento semanal Folhinha criou o personagem Geraldinho, que é uma versão light (no traço e na temática) do seu personagem Geraldão.

Glauco era adepto do Santo Daime, e foi padrinho fundador da igreja animista Céu de Maria, que ficava em sua casa em Osasco.

Glauco e seu filho Raoni foram assassinados em Osasco na madrugada de 12 de março de 2010.

Tags: cartunista, quadrinhos, assassinato






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 23.02

  • Dia da Sedução
  • Dia de São Policarpo
  • Dia do Boticário
  • Dia do Rotariano (Rotary Club)
  • Dia do Surdo-mudo