Últimas notícias

Hoje na história

RSS
28 de março de 1842.

Fundada a Filarmônica de Viena


Em 28 de março de 1842, a Orquestra do Teatro da Corte dá um grande concerto, logo depois do meio-dia, sob a regência de Otto Nicolai. A data fica então consagrada como a de fundação da Filarmônica de Viena, cuja sonoridade própria e única no mundo é a característica mais marcante.

Soa paradoxal, mas na realidade a Filarmônica de Viena nunca foi fundada, pelo menos não na forma como aconteceu com outras orquestras de concerto no mundo. A Filarmônica de Viena existiu, durante longo tempo, como Orquestra da Ópera da capital austríaca. No fundo, ela poderia ser qualificada como um produto do processo de terceirização: na Ópera, os músicos eram empregados; na Filarmônica, tornaram-se autônomos.

Até hoje a Filarmônica é orquestra de ópera e de concertos ao mesmo tempo. Um músico só pode ser membro da Filarmônica de Viena se for também integrante da Orquestra da Ópera. Na atualidade, a fama mundial da primeira ofusca a segunda, embora os músicos sejam os mesmos. Há 160 anos era o contrário – a Orquestra da Ópera ofuscava a Filarmônica.

Déficit na cidade dos clássicos

Na primeira metade do século 19, faltava na Viena dos clássicos Haydn, Mozart e Beethoven uma orquestra para concertos composta por músicos profissionais. Só havia músicos profissionais nas orquestra dos teatros da cidade.

Mozart recorreu à Orquestra do Teatro da Corte já em 1785 e Beethoven estreou a sua Nona Sinfonia com a Orquestra da Ópera, em 1824. A execução deixou muito a desejar porque, além de o compositor alemão já estar surdo, ele só ensaiou a peça uma vez.

O 28 de março de 1842 é considerado a data de fundação da Filarmônica de Viena porque nesse dia a Orquestra do Teatro da Corte fez um grande concerto por volta do meio-dia, regido pelo maestro Otto Nicolai. Este fazia parte de um círculo de músicos e literatos liberais, que conheciam não só a miséria do sistema de concertos de Viena mas também a miséria política e em geral.

Desde o início ele aliou a idéia do concerto filarmônico com a de uma sociedade filarmônica. O mandamento da junção de idéias era que cada participante deve ser também um empresário, adquirir honrarias artísticas e vantagem financeira.

Nicolai permaneceu como diretor da Filarmônica nos cinco anos seguintes e dedicou-se, do ponto de vista artístico, especialmente às obras de Beethoven. Em 11 concertos foram executadas todas as suas sinfonias, o que levou um cronista a concluir mais tarde que a Filarmônica de Viena foi criada para que as obras de Beethoven fossem interpretadas à altura.

Depois dessa fase inicial, a Filarmônica de Viena começou a emancipar-se do cotidiano de uma orquestra de ópera. Em 1870, ela ocupou também espaço próprio, passando a fazer seus concertos no salão dourado da Associação dos Músicos.

Sucesso no mundo inteiro

O empreendimento floriu também além das fronteiras da Áustria. Em 1900 realizou a sua primeira viagem ao exterior e em 1922 foi à América do Sul. A Filarmônica de Viena descobriu o mundo, e o mundo a descobriu. Depois da invenção do rádio e da indústria fonográfica ela conquistou mais ouvintes.

A Filarmônica de Viena sempre elegeu seus próprios regentes, criando uma tradição democrática. Seus regentes constantes até 1933 foram Hans Richter, Gustav Mahler, Felix von Weingartner e Wilhelm Furtwängler, um simpatizante do regime nazista alemão.

Atualmente a orquestra só toca com maestros convidados. Um só não poderia cumprir o programa, pois com quase 150 músicos a Filarmônica de Viena pode apresentar-se em dois lugares diferentes ao mesmo tempo com formações distintas.

A Filarmônica é na atualidade uma associação privada que dispensa subsídios. Ela foi um clube exclusivo de homens durante mais de um século e meio e só em 1997 concedeu o direito de igualdade entre homens e mulheres, permitindo a admissão da harpista Anne Lelkes. A característica mais marcante da Filarmônica de Viena é o seu som absolutamente próprio e único no mundo.


Fonte: [link=http://www.dw-world.de/dw/0,,607,00.html?id=607]Rádio Deutsche Welle [/link]

Tags: Viena, música, Filarmônica, música, orquestra






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 19.10

  • Dia de São Paulo da Cruz
  • Dia do Anjo Habuhiah
  • Dia do Guarda Noturno
  • Dia do Profissional de Informática