Últimas notícias

Hoje na história

RSS
31 de março de 1992.

A inflação no Brasil atinge um pico recorde de 84,3% no mês. Nos últimos 12 meses a inflação havia chegado a 4.854%

Inflação
Em economia, inflação é a queda do valor de mercado ou poder de compra do dinheiro. Isso é equivalente ao aumento no nível geral de preços. Inflação é o oposto de deflação. Inflação zero, ou muito baixa, é uma situação chamada de estabilidade de preços.

Em alguns contextos, a palavra inflação é utilizada para significar um aumento no suprimento de dinheiro e a expansão monetária, o que é às vezes visto como a causa do aumento de preços; alguns economistas (como os da Escola austríaca) preferem o primeiro significado, em vez de definir inflação pelo aumento de preços. Assim, por exemplo, alguns estudiosos da década de 1920 nos EUA referem-se a inflação, ainda que os preços não estivessem aumentando naquele período. Mas de um modo geral, a palavra inflação é usada como aumento de preços, a menos que um significado alternativo seja expressamente especificado. Outra distinção também se faz quando analisam-se os efeitos internos e externos da inflação: externamente, a inflação se traduz mais por uma desvalorização da moeda local frente a outras, e internamente ela se exprime mais no aumento do volume de dinheiro e aumento dos preços.

Um exemplo clássico de inflação foi o aumento de preços no Império Romano, causado pela desvalorização dos denários que, antes confeccionados em ouro puro, passaram a ser fabricados com todo tipo de impurezas. O imperador Diocleciano, ao invés de perceber essa causa, já que a ciência econômica ainda não existia, culpou a avareza dos mercadores pela alta dos preços, promulgando em 301 um edito que punia com a morte qualquer um que praticasse preços acima dos fixados.

A inflação pode ser contrastada com a reflação, que é ou um aumento de preços de um estado deflacionado, ou alternativamente, uma redução na taxa de deflação (ou seja, situações em que o nível geral de preços está caindo em uma taxa decrescente). Um termo relacionado é desinflação, que é uma redução na taxa de inflação, mas não o suficiente para causar deflação.

A inflação no Brasil alcançou o pico recorde de 84,3% no mês de março de 1992, e de 4854% nos últimos 12 meses.

A inflação do ano de 1992 chegou a 1158%; o PIB caiu 0,8%.

Tags: Economia, inflação, hiperinflação






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 03.04

  • Dia de Santo Luís Scrosoppi
  • Dia de Santo Ricardo
  • Dia de Santo Xisto I
  • Dia de São Ricardo de Chichester
  • Dia do Atuário
  • Pessach (Festa Judaica)