Últimas notícias

Hoje na história

RSS
20 de abril de 1999.

Massacre na Columbine High School: Eric Harris e Dylan Klebold abrem fogo dentro da escola. Quinze pessoas morrem e 23 ficam feridas. Após os tiroteios, suicidam-se antes da SWAT entrar no colégio

Eric Harris (à esquerda) e Dylan Klebold (à direita) pegos pelas câmeras de segurança da escola na lanchonete, 11 minutos antes de seus suicídios.

O Massacre de Columbine foi um massacre escolar que ocorreu em 20 de abril de 1999, na Columbine High School, em Columbine, uma área não incorporada de Jefferson County, no Colorado, Estados Unidos. Além do tiroteio, o ataque complexo e altamente planejado envolveu o uso de bombas para afastar os bombeiros, tanques de propano convertidos em bombas colocados na lanchonete, 99 dispositivos explosivos, e carros-bomba. Os autores do crime, os alunos seniores Eric Harris e Dylan Klebold, mataram 12 alunos e um professor. Eles também feriram outras 21 pessoas, e mais outras três ficaram feridas enquanto tentavam fugir da escola. A dupla cometeu suicídio.

Apesar dos motivos do ataque continuarem incertos, os diários pessoais dos autores do crime documentam que eles desejavam um ataque de magnitude semelhante ao do Atentado de Oklahoma City e de outros incidentes violentos que ocorreram nos Estados Unidos na década de 90. O ataque foi dito no USA Today como um "ataque suicida [que foi] planejado originalmente como uma grande—e mal implementada—explosão terrorista." O massacre foi também descrito como "o mais sangrento tiroteio em uma escola na história dos Estados Unidos."

O incidente provocou debates sobre leis de controle de armas, gangues do ensino médio, subculturas e bullying. Também resultou em um aumento na segurança de escolas americanas com políticas de tolerância zero, e um pânico moral sobre a cultura gótica, a cultura de armas, pessoas rejeitadas pela sociedade (mesmo que os autores do crime não fossem rejeitados), o uso de anti-depressivos por adolescentes, o uso da internet por adolescentes, e a violência em videogames.

Controle de armas

O massacre resultou em pedidos para mais medidas de controle de armas. Em 2000, foi introduzida a legislação federal e estadual que exigia fechaduras de segurança em armas de fogo, assim como proibia a importação de cartuchos de munição de alta capacidade. Embora as leis que transformavam em crime o ato de comprar armas para criminosos e menores de idade tenham sido aprovadas, houve uma considerável controvérsia contra a legislação quanto às verificações de antecedentes em lojas de armas. Havia uma certa preocupação no lobby de armas tratando-se das restrições aos direitos da Segunda Emenda nos Estados Unidos. Em 2001, a K-Mart, que havia vendido munição aos atiradores, anunciou que não iria mais vender munições para revólveres. Esta ação foi encorajada pelo premiado e aclamado documentário de 2002, Bowling for Columbine, escrito e dirigido por Michael Moore.

Fonte: Wikipédia


Tags: massacre, Columbine, Tiros em Columbine, Oscar, Michael Moore






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 25.08

  • Dia de São José Calazans
  • Dia do Anjo Yesalel
  • Dia do Feirante
  • Dia do Soldado e do Exército Brasileiro