Últimas notícias

Hoje na história

RSS
Segunda-Feira, 21 de Abril de 1863.

Dia em que Baháulláh, Profeta da Fé Baháí, declarou Sua Missão a Seus companheiros. Aconteceu em Bagdá, no Jardim de Ridván

Baháulláh
Mírzá Husayn-Alí, que se proclamou Baháulláh (1817 - 1892) foi o fundador da Fé Baháí, a mais jovem das grandes religiões mundiais.

Baháulláh declarou ser ele o cumprimento da profecia Bábí: aquele que Deus fará manifesto e, portanto Suprema Manifestação de Deus.

A Fé Baháí o tem como inaugurador de um novo ciclo profético, posterior aos de Krishna, Abraão, Moisés, Zaratustra, Buda, Jesus, Maomé e Báb.

Baháulláh foi o autor de vários trabalhos religiosos. Suas obras mais notáveis são o Kitáb-i-Aqdas e o Livro da Certeza (Kitáb-i-Íqán).

Em 21 de abril de 1863, Baháulláh e seus acompanhantes partiram de Bagdá e acamparam no Jardim de Ridván, onde permaneceram por doze dias, antes de sua partida para o exílio para Constantinopla. O momento de tristeza revelou-se uma ocasião de muita alegria, pois nesta data Baháulláh relatou a visão que teve durante o cativeiro em Síyáh-Chál, segundo a qual era ele o Mensageiro de Deus profetizado por Báb. Hoje os Baháís celebram os doze dias que Baháulláh esteve no Jardim de Ridván conhecido como o Festival de Ridván, especialmente a data de Sua declaração é comemorada.

Os onze anos de segredo no período que Baháulláh recebeu a revelação no Síyáh-Chál e sua declaração no Jardim de Ridván é referido por historiadores Bahá’ís e por Bahá’u’lláh mesmo Ayyam-i butun (Dias Ocultos). Baháulláh afirmou que esse período foi um tempo de ocultação.

Tags: Religião, fé, Ridván






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 17.10

  • Dia da Indústria Aeronáutica Brasileira
  • Dia de Santo Inácio de Antioquia
  • Dia do Anjo Manakel
  • Dia do Eletricista
  • Dia Nacional da Vacinação