Últimas notícias

Hoje na história

RSS
24 de abril de 1967.

Morre Vladimir Komarov, cosmonauta soviético, primeiro soviético a ir ao espaço duas vezes e o primeiro homem a morrer numa missão espacial

Vladimir Komarov
Vladimir Mikhailovich Komarov (Moscou, 16 de março de 1927 — Oblast de Oremburgo, 24 de abril de 1967), cosmonauta soviético, primeiro soviético a ir ao espaço duas vezes e o primeiro homem a morrer numa missão espacial, a bordo da nave Soyuz 1, em 24 de abril de 1967.

Komarov se tornou cosmonauta em 1960, no primeiro grupo de homens selecionados para o programa espacial soviético, junto com Yuri Gagarin e Gherman Titov, os dois primeiros homens em órbita da Terra e subiu ao espaço pela primeira vez em 1964, comandando a nave Voskhod 1, em companhia dos cosmonautas Boris Yegorov e Konstantin Feoktistov , no primeiro voo ao espaço de uma nave com mais de um tripulante.

Em 1967 ele realizou seu segundo voo espacial, desta vez sozinho na nova nave Soyuz 1 e tudo correu normalmente durante o voo, até a reentrada na atmosfera, quando o paraquedas de freio não abriu e a cápsula se espatifou no solo, matando Komarov.

Desde sua morte, começaram a aparecer notícias de que a nave Soyuz tinha problemas de concepção e funcionamento desde o início e não estaria em condições de realizar uma missão espacial tripulada, mas apesar das objeções dos engenheiros do programa espacial o voo teria acontecido por pressões de líderes políticos soviéticos, que desejavam uma grande missão espacial em comemoração do aniversário de nascimento de Lênin.

Vladimir Komarov foi condecorado duas vezes com a Ordem de Lênin e com o título de Herói da União Soviética e seus restos mortais se encontram sepultados no Kremlin, em Moscou, ao lado de outros luminares da antiga União Soviética.

Sua referência na cultura popular se fez presente em diversos momentos. Uma cratera da Lua e o asteroide 1836 Komarov foram batizados em sua homenagem. Também, a banda italiana de rock progressivo Taproban inseriu no trecho final da canção Nexus as últimas palavras pronunciadas por Komarov, na Soyuz, antes de sofrer o acidente que tirou sua vida.

Tags: Espaço, cosmonauta, URSS, Soyuz, Yuri Gagarin, Gherman Titov






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 21.10

  • Dia da Iluminação
  • Dia de Santo Hilarião
  • Dia do Anjo Yabamiah
  • Dia do Contato
  • Dia do Contato Publicitário
  • Dia do Ecumenismo
  • Dia do Lixeiro
  • Dia do Securitário