Últimas notícias

Hoje na história

RSS
08 de abril de 1553.

Fundação da vila de Santo André da Borda do Campo, atual cidade de Santo André no ABC Paulista


Santo André da Borda do Campo de Piratininga é a vila histórica fundada por João Ramalho no ano de 1553 e que teve fim em 1560, quando toda a sua população foi transferida para São Paulo de Piratininga.

Apesar das cidades de Santo André e de São Bernardo do Campo não terem nada em comum com a antiga vila, a não ser por sua provável localização, ambas consideram que o ano de fundação é 1553. No entanto, o povoamento que deu origem às cidades do Grande ABC só começou a se desenvolver no século XVIII.

Foi iniciada em 1550, quando a cidade começou a se organizar. Seu fundador foi João Ramalho, que se casou com a índia Bartira, filha do cacique Tibiriçá dos índios guaianases. A oficialização da cidade se deu em 8 de abril de 1553, após autorização de Martim Afonso de Sousa, quando foi erguido o pelourinho da vila que foi denominada Santo André da Borda do Campo. João Ramalho, então, se tornou seu alcaide.

Por causa da dificuldade de defender a vila dos ataques dos índios Carijós, que eram incentivados pelos franceses instalados na Baía da Guanabara, no ano de 1560, foi dada a ordem, pelo governo-geral, para que a vila, com seu pelourinho e seus habitantes, fossem transferidos para São Paulo de Piratininga, povoado a partir de que se desenvolveu a cidade de São Paulo.

Esse evento marcou o fim desse povoado histórico. A documentação do período hoje se encontra arquivada na cidade de São Paulo.

Quanto ao evento da transferência da população da vila de Santo André da Borda do Campo, há a seguinte história: partindo da Vila de São Vicente, percorrendo o vale do Cubatão ou o vale do Rio Mogí (nome mais antigo), os colonizadores, entre eles João Ramalho, chegaram num local que hoje se chama Vila de Paranapiacaba - parte alta. Por lá, em local nunca encontrado, construíram um casario de taipa e pau-a-pique. Devido aos ataques iminentes da Confederação dos Tamoyos (entre os confederados estavam os Carijós), os andreenses foram enviados pelo governador-geral para a vila de São Paulo de Piratininga. Essa Confederação dos Tamoyos deixou de existir quando os franceses foram expulsos da região do litoral norte de São Paulo, e a população andreense pode retornar para o local de origem. Porém preferiram ficar pela região do rio Tamanduateí, várzea fecunda que aumentava a qualidade da agricultura. Por isso não se sabe da localização exata do núcleo original do alto da serra, a mata tomou conta das casas e apagou seus restos.

Até hoje não se sabe exatamente onde foi instado esse primeiro povoamento. Supõe-se que fosse em algum ponto do território das atuais cidades de São Bernardo do Campo ou Santo André.

Tags: Vila, ABC, Santo André






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 14.10

  • Dia de São Calisto I
  • Dia do Anjo Anauel
  • Dia Nacional da Pecuária