RicardoOrlandini.net - Informa e faz pensar - Hoje na história - O Papa João Paulo II escapa de atentado em Portugal

Últimas notícias

Hoje na história

RSS
12 de Maio de 1982.

O Papa João Paulo II escapa de atentado em Portugal

João Paulo II, 264º Papa da Igreja Católica

O Papa João Paulo II tinha chegado a Portugal na véspera, dia 11 de maio de 1982. Vinha agradecer a Nossa Senhora de Fátima a proteção concedida no atentado sofrido na Praça de São Pedro, um ano antes, a 13 de Maio. João Paulo II esteve às portas da morte e só o milagre de Fátima - como afirmou - o salvou.

Era a sua primeira visita a Portugal, e, em quatro dias, o Papa percorreu o País, de Braga a Coimbra, de Lisboa a Vila Viçosa. A viagem, rodeada de uma grande emoção, arrastou multidões como nunca se havia visto - só em Lisboa, na cerimônia no Parque Eduardo VII, compareceram quase meio milhão de jovens.

Mas o que marcaria a passagem por Portugal estava ainda por acontecer, na noite da procissão das velas, em Fátima. E só não foi trágico porque a ação da Polícia portuguesa se revelou extremamente eficaz, evitando que os acontecimentos de 13 de Maio do ano anterior se repetissem.

O padre integrista espanhol, Juan Fernandez Maria Khron, de 32 anos, vindo de Paris, tinha o objetivo claro de matar João Paulo II. Com trajes de sacerdote, Khron rondou a comitiva papal empunhado uma baioneta com mais de 30 centímetros. Antes de ser detido, proferiu algumas palavras tais como Fim ao comunismo e Abaixo o Papa e o Vaticano II.


Tags: Papa, vaticano, igreja, catolicismo, atentado, Mohamed Ali Agca, João Paulo II






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 18.08

  • Dia de Santa Helena
  • Dia do Anjo Lelahel
  • Dia do Estagiário