Últimas notícias

Hoje na história

RSS
29 de Maio de 1940.

Segunda Guerra Mundial: Primeiro voo do caça-bombardeiro norte-americano F4U Corsair

Vought F4U Corsair

O Vought F4U Corsair foi um avião de caça estadunidense, com capacidade de operar baseado em porta-aviões, que foi utilizado principalmente na Segunda Guerra Mundial e na Guerra da Coreia. A demanda pelo modelo superou a capacidade da empresa Vought em fabricá-lo, fazendo com que muitas unidades fossem produzidas pelas fábricas Goodyear e Brewster. O número total de aeronaves fabricadas chegou a 12.571, abrangendo o período de produção mais longo de um caça a pistão dos Estados Unidos (1942-1953).

Além da Marinha e dos Fuzileiros Navais dos EUA, o Corsair serviu com a Aviação Naval Britânica, Força Aérea Real da Nova Zelândia, e também com a Aviação Naval Francesa e outras forças menores até a década de 1960, permanecendo em serviço em Honduras até 1979. O F4U tornou-se rapidamente o mais capaz caça embarcado da Segunda Guerra. Alguns pilotos japoneses o consideravam o melhor caça norte-americano da guerra, e a Marinha dos EUA conseguiu uma razão de combate de 11:1 com o Corsair durante o conflito. Além de ser um excelente caça, o F4U também se mostrou um ótimo caça-bombardeiro, servindo quase exclusivamente nesta função durante a Guerra da Coreia e nas guerras coloniais da França da Indochina e Argélia.

História

Em 1938, a Marinha dos Estados Unidos abriu concorrência para a construção de caças leves, demandando para os monomotores um alcance mínimo de 1600 km e velocidade de estol não acima de 110 km/h. Ainda em 1938 a Marinha assinou o contrato para a fabricação do protótipo XF4U-1, com o uso previsto do motor radial de duas fileiras Pratt & Whitney XR2800 Double Wasp, de 18 cilindros. Quando construído, o protótipo tinha o motor mais potente, a maior hélice e a maior envergadura de qualquer caça no mundo até então. O protótipo fez seu primeiro voo em 29 de maio de 1940, com Lyman A. Bullard Jr. no comando. O voo inaugural procedeu normalmente até que foi necessário um pouso antecipado, por falha dos compensadores do profundor devido a vibração.

Ainda em 1940, o F4U Corsair se tornou o primeiro caça monomotor dos EUA a superar a velocidade de 400 milhas por hora (640 km/h). A marca já havia sido atingida antes apenas pelo bimotor P-38 Lightning. Os testes com o protótipo do Corsair enfrentaram problemas com voo em mergulho de alta velocidade e com recuperação de estol, obrigando os norte-americanos a adiar o início da produção em série do caça.

Os relatos vindos da Europa à época mostravam que o armamento original seria insuficiente, com duas metralhadoras .30 e duas .50 instaladas na aeronave (calibres 7,62 mm e 12,5 mm, respectivamente). A Marinha solicitou reforço no armamento do caça, que passou a dispor de três metralhadoras .50 em cada asa, totalizando seis dispositivos, aumentando bastante a chance do F4U Corsair derrubar os aviões inimigos.

A Marinha iniciou seus próprios testes com o protótipo XF4U-1 em1941, e no mês de junho daquele ano, assinou o contrato para fabricação de 584 caças F4U Corsair. O primeiro exemplar de produção voou em junho de 1942, o que foi considerado um grande feito, devido à maior complexidade exigida dos caças embarcados em porta-aviões.

Fonte: Wikipédia


Tags: Avião, aviação, caça, bombardeiro, porta-aviões, Vought F4U Corsair, F4U Corsair, caça-bombardeiro






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 21.06

  • Dia da Juventude Católica
  • Dia da Mídia
  • Dia da Muscoviscidose (Fibrose Cística) - Porto Alegre
  • Dia da Música
  • Dia do Anjo Nelchael
  • Dia do Intelectual
  • Dia do Mel
  • Dia Nacional de Controle da ASMA
  • Dia Nacional de São Luis Gonzaga