Últimas notícias

Hoje na história

RSS
30 de maio de 1942.

Segunda Guerra Mundial: mil bombardeiros britânicos atacam durante 90 minutos a cidade de Colônia

A cidade de Colônia após o bombardeio

Colônia (em alemão Köln) é a maior cidade do estado de Renânia do Norte-Vestfália, no oeste da Alemanha. É um dos mais importantes portos fluviais alemães e considerada a capital urbana, econômica, cultural, administrativa e histórica da Renânia. Com 1.034.170 habitantes (2013), é a 4.ª maior cidade alemã e a 16.ª maior cidade da União Europeia em população.

Segunda Guerra Mundial

No início do Terceiro Reich, Colônia foi vista como um território difícil pelos nazistas por causa das profundas influências dos comunistas e da Igreja Católica na cidade.

Planejou-se reconstruir grande parte do centro da cidade, com uma rua principal conectando a estação de Deutz e a estação principal, que seria movida de próxima à catedral a uma área adjacente ao campus da universidade atual, com um largo campo para paradas, o Maifeld, próximo à estação principal. O Maifeld, entre o campus e o lago artificial Aachener Weiher foi a única parte deste plano ambicioso completada antes do início da guerra. Após a guerra, os restos do Maifeld foram enterrados com entulho oriundos de prédios bombardeados e transformados num parque com colinas ondulantes, denominado Hiroshima-Nagasaki-Park em agosto de 2004, como um memorial às vítimas das bombas nucleares de 1945. Um memorial inconspícuo às vítimas do regime nazista pode ser encontrado em uma das colinas.


A cidade de Colônia em 1945 após os bombardeios.

A cidade alemã de Colônia foi bombardeada em 262 ataques aéreos separados pelos aliados durante a Segunda Guerra Mundial, todos realizados pela Royal Air Force (RAF), mas por uma única vez foi feito um teste fracassado após a captura de um míssil guiado pela Força Aérea do Exército dos Estados Unidos.

Um total de 34.711 toneladas de bombas caíram sobre a cidade, lançadas pela RAF.

O primeiro bombardeio na cidade ocorreu em 12 de maio de 1940. O ataque mais notável a Colônia foi o primeiro ataque de 1000 bombardeiros na noite de 30 de maio de 1942, conhecida como “Operation Millennium”.


Arte oficial britânica do bombardeio em Colônia. A catedral da cidade é claramente visível. Sobreviveu à guerra, apesar de ser atingida dezenas de vezes por bombas aliadas.

1.046 bombardeiros pesados atacaram seu alvo com 1.455 toneladas de explosivos, aproximadamente dois terços dos quais eram incendiários. Este ataque durou cerca de 75 minutos, destruiu 600 hectares (243 ha) de área construída.

Em menos de 24 horas, pela ação dos artefatos de magnésio, fósforo e napalm, cem mil moradores perderam seus lares. Nada que existia abaixo da barriga dos Avro Lancaster foi poupado.

O objetivo não foi destruir as pontes sobre o rio Reno ou as fábricas de armas existentes na periferia da cidade, nem mesmo as instalações militares interessavam, mas sim levar o pavor e a ruína total ao centro de Colônia, onde era maior a densidade demográfica.

Até então a cidade conhecera ataques episódicos, mas naquela noite de 30 para 31 de maio de 1942 foi diferente. Foi o começo da destruição completa de Colônia. E não apenas dela. Nos anos seguintes, até a guerra se encerrar em 8 de maio de 1945, 161 cidades alemãs foram bombardeadas sem cessar. À noite pela RAF, de dia pela USAAF (a força aérea americana).

O número de casualidades reportadas foi entre 469 e 486, dos quais 411 eram civis e 58 militares. 5.027 pessoas foram listadas como feridos e 59.000 como desabrigadas. Estima-se dos cerca de 135.000 a 150.000 habitantes de Colônia (de uma população de aproximadamente 700.000) tenham fugido da cidade após o ataque. A RAF perdeu 43 aviões, 3.9 % dos 1.103 bombardeiros enviados no ataque.

Fonte: Wikipédia


Tags: Segunda Guerra Mundial, bombardeio, RAF, massacre, Köln, Colônia, Bombardeio de Colônia






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 27.06

  • Dia de N.S. do Perpétuo
  • Dia do Anjo Ierathel
  • Dia do Artista Lírico
  • Dia Internacional da Pessoa Surdocega
  • Dia Mundial do Diabético
  • Dia Nacional do Progresso
  • Dia Nacional do Vôlei