Últimas notícias

Hoje na história

RSS
23 de julho de 1952.

No Egito, Gamal Abdel Nasser orquestra um golpe de estado contra o Rei Faruk I. O rei egípcio é forçado a abdicar e o General Muhammad Naguib assume o poder no país


Na noite de 22 para 23 de Julho de 1952 deu-se um golpe de estado organizado por uma facção do exército egípcio conhecida como os Oficiais Livres, cujo chefe era Gamal Abdel Nasser. O rei “Faruk I” foi obrigado a abdicar e como presidente do Conselho foi escolhido o general Muhammad Naguib, que não era membro dos Oficiais Livres, foi escolhido devido à sua popularidade. Em Dezembro do mesmo ano foi abolida a constituição monárquica e em Janeiro do ano seguinte todos os partidos políticos foram proibidos. Naguib ascende à posição de primeiro presidente da proclamada República do Egito.

As simpatias que Naguib nutria pelos antigos partidos políticos e pela Irmandade Muçulmana fizeram com que crescesse a oposição à sua pessoa por parte dos Oficiais Livres. Naguib acabaria por ser afastado da presidência e colocado sob prisão domiciliar, sendo substituído na sua função por Nasser, eleito como presidente em 1956.

Tags: Egito, Faruk, Nasser






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 18.07

  • Dia de São Bruno
  • Dia do Anjo Mihael
  • Dia do Trovador
  • Dia Municipal contra o Câncer de mama