Últimas notícias

Hoje na história

RSS
Quarta-Feira, 17 de Julho de 1950.

Convenção do PTB homologa a candidatura de Getúlio Vargas a presidência


A candidatura de Getúlio foi homologada na convenção nacional do PTB em 17 de julho de 1950. Ainda nesse mesmo mês se consolidou a aliança PTB-PSP, com a homologação por esse partido do nome de Vargas. Em agosto foi lançada a candidatura de João Café Filho, deputado federal pelo PSP do Rio Grande do Norte, à vice-presidência na chapa de Getúlio.

Durante a campanha eleitoral, Vargas desfraldou duas grandes bandeiras: a questão nacional e os programas de reforma social. Por outro lado, tentando buscar alianças, o PTB ligou-se em diversos estados a candidatos a governador de outros partidos. Em Minas Gerais ligou-se ao candidato do PSD, Juscelino Kubitschek, na Bahia formou a Coligação Democrática com o PSD, apoiando Régis Pacheco, no Rio Grande do Sul vinculou-se também com o PSD através de Ernesto Droneles e, em São Paulo, apoiou Lucas Garcez, do PSP.

Em 3 de outubro de 1950, Getúlio recebeu 3.849.040 votos (48,7%) enquanto o udenista Eduardo Gomes ficou com 2.342.384 votos (29,6%), Cristiano Machado do PSD, com 1.697.193 votos (21,5%) e João Mangabeira, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), com menos de dez mil votos. O PTB elegeu ainda 51 deputados federais, obtendo 1.389.300 votos em 7.662.200 (18,1% do total), e cinco senadores: Vivaldo Lima Filho, pelo Amazonas, Landulfo Alves, pela Bahia, Carlos Gomes de Oliveira, por Santa Catarina, Alberto Pasqualini pelo Rio Grande do Sul e Napoleão de Alencastro Guimarães, pelo Distrito Federal. Todos Os quatros candidatos a governador apoiados pelo partido foram eleitos.

Tags: Eleiçõs PTB, trabalhismo. Getúlio, Vargas






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 21.11

  • Dia da Apresentação de Nossa Senhora
  • Dia da Homeopatia
  • Dia das Saudações
  • Dia do Anjo Seheiah
  • Dia do Município Brasileiro
  • Dia Mundial da Televisão