Últimas notícias

Hoje na história

RSS
26 de julho de 1930.

João Pessoa é assassinado no Recife. Seu assassinato, que foi um crime passional, serve de pretexto para a Revolução de 1930


João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, foi assassinado em Recife, capital de Pernambuco no 26 de julho de 1930. Ele foi um político brasileiro.

Ele era sobrinho do Ex-presidente da República Epitácio Pessoa. Além de viver no estado natal, passou um tempo de sua vida no Rio de Janeiro e no Pará. Teve passagem pelo Exército.

Quando ainda era Presidente da Província da Paraíba (Governador do Estado) e compunha a chapa à Presidência da República de Getúlio Vargas, como candidato a Vice-presidente, foi assassinado, em Recife, por João Duarte Dantas, seu adversário político, jornalista, cuja residência fora invadida por tropas da Polícia da Província, durante a gestão de Pessoa, e cujas cartas íntimas à professora Anayde Beiriz foram trazidas a público.

Tags: Política, assassinato






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 21.07

  • Dia de São Daniel
  • Dia do Anjo Hahasiah
  • Dia Internacional do Trabalhador Doméstico