Últimas notícias

Hoje na história

RSS
25 de junho de 1992.

Blade Runner, filme de Ridley Scott, é lançado nos cinemas norte-americanos

Blade Runner, o Caçador de Androides

Blade Runner (no Brasil Blade Runner: O Caçador de Androides) é um filme norte-americano de 1982, do gênero ficção científica, realizado por Ridley Scott, e ilustrando uma visão futurística de Los Angeles em novembro de 2019.

O argumento, escrito por Hampton Fancher e David Peoples, baseia-se na novela “Do Androids Dream of Electric Sheep?” de Philip K. Dick. O protagonista é o ator Harrison Ford no papel de Deckard, um detetive da polícia de Los Angeles. O visual do filme foi concebido em parte por Syd Mead e a trilha sonora é de Vangelis.

O filme descreve um futuro em que a humanidade inicia a colonização espacial, para o que cria seres geneticamente alterados – os “replicantes” - utilizados em tarefas pesadas, perigosas ou degradantes nas novas colônias. Fabricados pela Tyrell Corporation como sendo "mais humanos que os humanos", os modelos Nexus-6 são fisicamente idênticos aos humanos, mas são mais fortes e ágeis. Devido a problemas de instabilidade emocional e reduzida empatia, os replicantes são sujeitos a um desenvolvimento agressivo, pelo que o seu período de vida é limitado a quatro anos.

Após um motim, a presença dos replicantes na Terra é proibida, sendo criada uma força policial especial - blade runners — para os caçar e destrui-los (matar). O filme relata como um ex-blade runner - Deckard - é levado a voltar à ativa para caçar um grupo de replicantes que se rebelou e veio para a Terra à procura do seu criador, com o objetivo de tentar aumentar o seu período de vida e escapar da morte que se aproxima.

Ao visitar Tyrell, o criador dos replicantes, Deckard conhece sua jovem assistente Rachael, que ignora o fato de que também ela é uma replicante.

Rachael tem todas as memórias de uma sobrinha de Tyrell, e apoiada em suas memórias não consegue acreditar que é uma replicante. A cena em que ela é submetida a um teste Voight-Kampff e se convence desse fato é uma das mais comoventes do filme, e levanta questões filosóficas importantes. O policial Deckard se sente atraído por Rachael, sua fragilidade e sensibilidade, e se envolve com ela.

Um a um os replicantes são caçados, e ao longo do filme parecem adquirir características humanas, enquanto os verdadeiros humanos que os caçam parecem adquirir, cada vez mais, características desumanas. Ao fim, as questões que afligem os replicantes acabam se tornando as mesmas que afligem os humanos.

Elenco:

• Harrison Ford - Rick Deckard
• Rutger Hauer - Roy Batty
• Sean Young - Rachael
• Edward James Olmos - Gaff
• M. Emmet Walsh - Bryant
• Daryl Hannah - Pris
• Morgan Paull - Holden
• Joanna Cassidy - Zhora
• Joe Turkel - Eldon Tyrell
• James Hong - Hannibal Chew
• William Sanderson - J.F. Sebastian
• Brion James - Leon Kowalski
• Kevin Thompson - Bear
• John Edward Allen - Kaiser
• Bob Okazaki Howie - Lee


Prêmios:

• Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra
• Prêmio de Melhor Fotografia
• Prêmio de Melhor Design de Produção
• Prêmio de Melhor Figurino
• Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA
• Prêmio de Melhor Fotografia

Indicações:

• Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA
• Oscar de Melhor Direção de Arte
• Oscar de Melhores Efeitos Visuais
• Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra
• Prêmio de Melhor Edição
• Prêmio de Melhor Maquiagem
• Prêmio de Melhores Efeitos Visuais Especiais
• Prêmio de Melhor Trilha Sonora
• Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros
• Prêmios Globo de Ouro, EUA
• Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original


Tags: Blade Runner, filme, cinema, Vangelis, Harrison Ford, Ridley Scott






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 22.09

  • Data da Juventude do Brasil
  • Dia da Banana
  • Dia da Defesa da Fauna
  • Dia de São Maurício
  • Dia do Anjo Hahahel
  • Dia do Ciclista
  • Dia do Contador
  • Dia Mundial Cidade sem meu Carro