Últimas notícias

Hoje na história

RSS
12 de agosto de 1877.

O astrônomo norte-americano Asaph Hall descobre Deimos

Uma imagem de Deimos obtida pelo orbitador Viking 1.

Deimos (em grego: terror), é a menor e mais afastada das duas luas de Marte. É, também, a menor lua reconhecida do Sistema Solar. Deimos tem um raio médio de 6.2 km e uma velocidade de escape de 5.6 m/s (20 km/h). Além disso, a lua leva 30.3 horas para girar em torno de Marte com uma velocidade orbital de 1.35 km/s.

Deimos demora o mesmo tempo a completar uma volta ao redor de Marte, quanto a completar uma volta sobre si próprio. Como consequência disso, Deimos tem sempre a mesma face voltado para Marte.

A lua foi descoberta em 12 de agosto de 1877 por Asaph Hall , seis dias antes da descoberta de Fobos, o outro satélite de Marte, ocorrida em 18 de agosto de 1877.

Deimos tem um formato bastante irregular e acredita-se que se trate de um asteroide que foi perturbado de sua órbita por Júpiter e que acabou por ser capturado pela gravidade de Marte, passando a ser seu satélite.

O nome Deimos (pânico) vem de uma figura mitologia grega e é um dos três filhos de Ares (Marte na mitologia romana) e Afrodite.


Uma imagem de Deimos obtida pelo orbitador Viking 1.

Características principais

Por ser pequeno, Deimos não apresenta uma forma esférica, possuindo dimensões muito irregulares. É composto por rochas ricas em carbono, tal como muitos asteroides, e gelo. A sua superfície apresenta um número razoável de crateras mas, relativamente a Fobos, é muito mais lisa, consequência do preenchimento parcial das crateras com rególito (rochas decompostas). As maiores crateras deste satélite são Swift e Voltaire que medem, aproximadamente, 3 km de diâmetro.

Visto de Deimos, Marte surge no céu como um objeto 1000 vezes maior e 400 vezes mais brilhante do que a Lua cheia, como é observada da Terra.

Visto de Marte, Deimos surge como um pequeno ponto no céu, difícil de distinguir dos outros astros embora, no seu máximo brilho, possua um brilho equivalente a Vênus (tal como é visto da Terra).

Exploração

A exploração de Deimos é similar à exploração de Marte e de Fobos. Entretanto, nenhum pouso foi realizado e nenhuma amostra analisada. O satélite foi apenas fotografado pela sonda Viking 1.

Uma missão de retorno de amostras chamada "Gulliver" foi conceitualizada. Basicamente, 1 quilograma de material de Deimos seria retornado à Terra nesta missão.

Fonte: Wikipédia


Tags: Lua, satélite, Marte, Deimos, Asaph Hall






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 22.07

  • Dia de Santa Maria Madalena
  • Dia do Anjo Imamaiah
  • Dia do Cantor Lírico