Últimas notícias

Hoje na história

RSS
19 de Agosto de 1692.

Um reverendo e quatro pessoas condenadas por bruxaria são executados em Salém, Estado norte-americano de Massachusetts

Ilustração de 1876 da sala de audiências.

Bruxas de Salém refere-se ao episódio gerado pela superstição e pela credulidade que levaram, na América do Norte, aos últimos julgamentos por bruxaria na pequena povoação de Salém, Massachusetts, numa noite de outubro de 1692.

O medo da bruxaria começou quando uma escrava negra chamada Tituba falou algumas histórias vudus (religião tradicional da África Ocidental) a amigas, que, por esse fato, tiveram pesadelos. Um médico que foi chamado para as examinar declarou que as moças deveriam estar "possuídas".


A escrava Tituba e as crianças, numa gravura do século 19 feita pelo artista Alfred Fredericks.

Os julgamentos de Tituba e de outras pessoas foram realizados perante o juiz Samuel Sewall. Cotton Mather, um pregador colonial que acreditava em bruxaria, encarregou-se das acusações. O medo da bruxaria durou cerca de um ano, durante o qual vinte pessoas, na sua maioria mulheres, foram declaradas culpadas de realizar bruxaria e executadas.

Um dos homens, Giles Corey, foi executado em 19 de setembro de 1692 de acordo com o bárbaro costume medieval de ser comprimido por rochas com uma tábua sobre o seu corpo até morrer, que levou 3 dias. Foram presas cerca de cento e cinquenta pessoas. Mais tarde, o juiz Sewall confessou que as suas sentenças haviam sido um erro.


O juiz Samuel Sewall.

As principais testemunhas da acusação foram as primas Elizabeth "Betty" Parris e Abigail Williams, com, respectivamente, 9 e 11 anos.


Ilustração de 1876 da sala de audiências.

Em agosto de 1692, o júri indiciou o pastor George Burroughs, Mary Eastey, Martha Corey e George Jacobs. O júri condenou Martha Carrier, George Jacobs, George Burroughs, John Willard, Elizabeth Proctor, e John Proctor. Elizabeth Proctor teve sua execução temporariamente suspensa porque ela estava grávida.

Em 19 de agosto de 1692, Martha Carrier, George Jacobs, George Burroughs, John Willard, e John Proctor foram executados.


O julgamento de George Jacobs, que foi executado em 19 de agosto de 1692. Pintura por Thomkins Matteson (1855).

Fonte: Wikipédia


Tags: Bruxas de Salém, Salém, bruxas, julgamento, bruxaria






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 24.06

  • Dia das Empresas Gráficas
  • Dia de São João
  • Dia do Anjo Haheuiah
  • Dia do Caboclo
  • Dia do Observador Aéreo
  • Dia Internacional do Disco voador
  • Dia Internacional do Leite
  • Festa de São João Batista - Porto Alegre