Últimas notícias

Hoje na história

RSS
23 de maio de 1962.

O filme brasileiro O Pagador de Promessas baseado na obra de Dias Gomes e dirigido por Anselmo Duarte ganha a Palma de Ouro em Cannes

Cartaz do Filme O Pagador de Promessas

Festival de Cannes é um festival de cinema criado em 1946, conforme concepção de Jean Zay, e até 2002 chamado Festival international du film, é um dos mais prestigiados e famosos festivais de cinema do mundo. Acontece todos os anos, no mês de maio, na cidade francesa de Cannes. O "mercado do filme" (marché du film) acontece paralelamente ao festival.

No final dos anos 1930, chocado pela ingerência dos governos fascistas alemão e italiano na seleção dos filmes da Mostra de Veneza, Jean Zay, ministro da Instrução pública e de Belas Artes, propõe a criação, em Cannes, de um festival cinematográfico de nível internacional. Em junho de 1939, Louis Lumière aceita ser o presidente da primeira edição do festival, que deveria acontecer de 1º ao 30 de setembro. A declaração de guerra da França e do Reino Unido à Alemanha em 3 de setembro põe fim prematuramente a essa decisão, apesar de o prêmio ter sido atribuído a Union Pacific, de Cecil B. DeMille.

A primeira edição do festival aconteceu realmente em 1946. O festival não aconteceu em 1948 e 1950 por problemas financeiros. Em 1955, foi introduzida pelo comitê organizador a Palma de Ouro como prêmio principal do evento - antes desta data, ele era conhecido como Grand Prix du Festival international du Film.

O festival de 1968 foi interrompido em 19 de maio. Na véspera, Louis Malle, demissionário do júri, François Truffaut, Claude Berri, Jean-Gabriel Albicocco, Claude Lelouch, Roman Polanski e Jean-Luc Godard, ao penetrarem na grande sala do Palácio, haviam exigido a interrupção da projeção em solidariedade aos operários e estudantes em greve.

A edição de 2006 teve júri presidido pelo cineasta chinês Wong Kar Wai (de Amor à Flor da Pele e 2046). O prêmio principal, esperado para o mexicano Alejandro González Iñárritu (que ganhou o troféu como melhor diretor por Babel), acabou saindo para o realizador britânico Ken Loach, com The Wind That Shakes the Barley.

Na 15ª edição do Festival de Cinema de Cannes, realizada entre 7 e 23 de maio de 1962, o filme “O Pagador de Promessas”, dirigido pelo brasileiro Anselmo Duarte, tornou-se o primeiro filme em língua portuguesa a receber a “Palma de Ouro”, principal prêmio de Cannes.

Fizeram parte da competição de melhor filme:

• Advise and Consent de Otto Preminger
• All Fall Down de John Frankenheimer
• Les Amants de Teruel de Raymond Rouleau
• Âmes et rythmes de Abdelaziz Ramdani
• El ángel exterminador de Luis Buñuel
• Ba'al Hahalomot de Alina Gross and Yoram Gross
• Das Brot der frühen Jahre de Herbert Vesely
• Cléo de 5 à 7 de Agnès Varda
• Devi de Satyajit Ray
• Divorzio all'italiana de Pietro Germi
• Dom bez okien de Stanislaw Jedryka
• Dvoje de Aleksandar Petrovi?
• L'eclisse de Michelangelo Antonioni
• Les Enfants du soleil de Jacques Séverac
• Al Gharib al Saghir de Georges Nasser
• Harry og kammertjeneren de Bent Christensen
• Ilektra de Michael Cacoyannis
• In the Steps of Buddha de Pragnasoma Hettiarachi
• The Innocents de Jack Clayton
• Julia, Du bist zauberhaft de Alfred Weidenmann
• Kogda derevya byli bolshimi de Lev Kulidzhanov
• Konga Yo de Yves Allégret
• Kyupora no aru machi de Kirio Urayama
• Liberté I de Yves Ciampi
• Long Day's Journey Into Night de Sidney Lumet
• Mondo Cane de Gualtiero Jacopetti, Paolo Cavara and Franco Prosperi
• Muž z prvního století de Old?ich Lipský
• O Pagador de Promessas de Anselmo Duarte
• Pleneno yato de Ducho Mundrov
• Plácido de Luis García Berlanga
• Procès de Jeanne d'Arc de Robert Bresson
• S-a furat o bomb? de Ion Popescu-Gopo
• Setenta veces siete de Leopoldo Torre Nilsson
• A Taste of Honey de Tony Richardson
• Yang Kwei Fei de Li Han Hsiang


O Pagador de Promessas é um um drama escrito e dirigido por Anselmo Duarte e baseado na peça teatral homônima de Dias Gomes.

Sinopse:

Zé do Burro é um homem humilde que enfrenta a intransigência da Igreja ao tentar cumprir a promessa feita em um terreiro de candomblé de carregar uma pesada cruz por um longo percurso.

Zé do Burro é o dono de um pequeno pedaço de terra no Nordeste do Brasil. Seu melhor amigo é um burro. Quando este adoece, Zé faz uma promessa à uma mãe de santo do candomblé: se seu burro se recuperar, promete dividir sua terra igualmente entre os mais pobres e carregará uma cruz desde sua terra até a Igreja de Santa Bárbara em Salvador, onde a oferecerá ao padre local. Assim que seu burro se recupera, Zé dá início à sua jornada.

O filme se inicia com Zé, seguido fielmente pela esposa Rosa, chegando à catedral de madrugada. O padre local recusa a cruz de Zé após ouvir dele a razão pela qual a carregou e as circunstâncias "pagãs" em que a promessa foi feita. Todos em Salvador tentam se aproveitar do inocente e ingênuo Zé. Os praticantes de candomblé querem usá-lo como líder contra a discriminação[1] que sofrem da Igreja Católica, os jornais sensacionalistas transformam sua promessa de dar a terra aos pobres em grito pela reforma agrária. A polícia é chamada para prevenir a entrada de Zé na Igreja, e ele acaba assassinado em um confronto violento entre policiais e manifestantes a seu favor. Na última cena do filme, os manifestantes colocam o corpo morto de Zé em cima da cruz e entram à força na catedral. 


Tags: Filme, cinema, Cannes, Oscar, Palma de Ouro, O Pagador de Promessas, Anselmo Duarte, Dias Gomes






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 18.11

  • Dia da Dedicação das basílicas de São Pedro e São Paulo
  • Dia de Santa Maudez
  • Dia de Santo Edmundo
  • Dia do Anjo Nith-haiah
  • Dia do Conselheiro Tutelar
  • Dia do Tabelião e Registrador