Últimas notícias

Hoje na história

RSS
02 de Setembro de 1968.

Proferido o discurso do deputado federal Márcio Moreira Alves que desencadearia o endurecimento do Regime Militar com a edição do AI-5

Marcio Moreira Alves no dia 12 de dezembro de 1968, durante o discurso em que se defendeu do pedido do governo militar para processá-lo

Em 2 de setembro de 1968, o deputado federal Márcio Moreira Alves, do MDB, pronunciou discurso na Câmara convocando o povo a um boicote ao militarismo e a não participar dos festejos de Independência do Brasil em 7 de setembro como forma de protesto. O discurso foi considerado ofensivo pelos militares e o governo encaminhou ao congresso pedido para processar o deputado Márcio Moreira Alves, o que foi rejeitado na Câmara.

Para enfrentar a crise,o presidente Costa e Silva editou, em 13 de dezembro de 1968, o AI-5 (Ato Institucional nº 5) que permitia ao governo decretar o recesso legislativo e intervir nos estados sem as limitações da constituição, a cassar mandatos eletivos, decretar confisco dos bens de todos quantos tenham enriquecido ilicitamente e suspender por 10 anos os direitos políticos de qualquer cidadão. Ou seja, apertou ainda mais o regime.


Tags: Ditadura, AI-5, AI5, Golpe de 1964, Márcio Moreira Alves






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 18.06

  • Dia da Imigração Japonesa
  • Dia de São Leôncio
  • Dia do Anjo Caliel
  • Dia do Químico