Últimas notícias

Hoje na história

RSS
07 de maio de 1915.

Primeira Guerra Mundial: O transatlântico Lusitania é afundado

RMS Lusitania

O RMS Lusitania foi um navio de passageiros britânico operado pela Cunard Line e construído pelos estaleiros da John Brown & Company em Clydebank, Escócia. Sua construção começou em junho de 1904, sendo lançado ao mar em junho de 1906 e realizando sua viagem inaugural em setembro do ano seguinte.

Foi construído, juntamente com o RMS Mauretania, para competir com outros navios transatlânticos alemães. O Lusitania e o Mauretania foram, por alguns anos após o término de sua construção, os maiores navios do mundo. Superados apenas depois em 1911 pelo RMS Olympic navio da White Star Line, o Olympic fazia parte dos navios da Classe Olympic ou seja, era igual a seus irmãos RMS Titanic e HMHS Britannic. Sua viagem inaugural partindo do porto de Liverpool com destino a cidade de Nova Iorque, teve início em 7 de setembro de 1907.

O Lusitania foi torpedeado por um submarino alemão, em 7 de maio de 1915 durante a Primeira Guerra Mundial, afundou e deixando quase 1202 mortos. Este acontecimento provocou grande consternação na opinião pública dos Estados Unidos, que eram uma nação neutra no conflito, e de onde era originária a maior parte dos passageiros, o que desencadeou um processo que veio a culminar dois anos mais tarde na entrada dos Estados Unidos na guerra, após a descodificação do Telegrama Zimmermann.


Lusitania, antes de seu lançamento

O naufrágio

O Lusitania saiu de Nova Iorque no dia 1º de maio de 1915 com destino a Liverpool. No dia 6, quinta-feira, o comandante foi informado de que havia submarinos alemães no local. Na manhã do dia 7, sexta-feira (dia do naufrágio), por volta das 7h10, o Lusitania foi atingido por um torpedo no seu lado de estibordo. O navio possuía botes para todos os passageiros, mas não teve as suas máquinas paradas, pois a sala das caldeiras estava sendo inundada, o que levou à morte de muitas pessoas, já que muitos botes não foram lançados. O Lusitania afundou em apenas 18 minutos, por volta de 14h45. A razão principal para o naufrágio do Lusitania não foi o torpedo, e sim o fato de que seu comando não fechou as comportas estanques, além do fato de o navio carregar armas e munições. Às 13h31, as luzes da terceira classe se apagaram devido a um pequeno incêndio nos geradores de energia. Às 13h39, o primeiro bote saiu com 45 pessoas, todas da primeira classe. Nesse momento, os passageiros da terceira classe já estavam encurralados, pois a água já começara a invadir o último pavimento da terceira classe, deixando esses passageiros sem saída. Às 13h53, os passageiros que estavam presos foram liberados, mas grande parte das pessoas a bordo já havia morrido por afogamento ou por hipotermia. O desespero era geral, as pessoas lutavam por um lugar nos botes. Às 14h10, as luzes da segunda classe começaram a piscar, e a água invadiu a proa. Enquanto isso, o navio continuava navegando sem rumo pelo oceano, já que as máquinas não foram desligadas. A popa do navio se inclina para estibordo e avante. Às 14h27, a água invade o deque A e o primeiro pavimento da grande escadaria. O desespero em sair logo do navio fez com que muitos botes saíssem com mais pessoas do que eram capazes de suportar, e esse peso em excesso fez com que alguns botes virassem antes mesmo de partirem, atirando vários adultos e crianças ao mar. Às 14h32, a terceira classe e a segunda classe adernam por completo, deixando vários passageiros presos. Às 14h37, a água chega ao convés dos botes e começa a tragar o navio. Pelo menos 2853 pessoas ainda estão a bordo, pois não conseguiram entrar nos botes. Às 14h58, o navio é engolido completamente e os passageiros são lançados ao mar. Dos 2975 passageiros e 950 tripulantes a bordo, 1.195 morrem por afogamento ou por hipotermia (a temperatura da água é muito baixa nesse local). Apenas 764 pessoas sobreviveram.

Fonte: Wikipédia


Tags: Lusitania, naufrágio, Primeira Guerra Mundial






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 09.12

  • Dia de Santa Joana Francisca de Chantal
  • Dia de Santa Leocádia
  • Dia do Alcoólico Recuperado
  • Dia do Cronista
  • Dia do Profissional da Culinária
  • Dia Internacional contra a Corrupção
  • Dia Nacional do Fonoaudiólogo