Últimas notícias

Hoje na história

RSS
13 de agosto de 1704.

Batalha de Blenheim, entre as tropas anglo-austríacas e franco-bávaras.

Batalha de Blenheim

A Batalha de Blenheim (ou segunda Batalha de Höchstädt ou Hoechstaedt, sendo Blenheim a corruptela inglesa de Blindheim) foi um confronto armado que ocorreu durante a Guerra da Sucessão Espanhola a 13 de agosto de 1704. A localidade de Blindheim, na margem do rio Danúbio, está a 16 km a sudeste de Donauwörth, na Baviera (Alemanha), e a noroeste de Augsburg.

As forças da Grande Aliança, formada por Inglaterra, Áustria, Províncias Unidas, Prússia, Dinamarca, Hesse e Hanôver, foram comandadas por Jonh Churchill, 1º Duque de Marlborough e pelo príncipe Eugênio de Savoia. Os comandantes das forças franco-bávaras foram o Eleitor da Baviera, o Duque de Tallard e o Conde de Marsin.

Höchstädt foi uma vitória decisiva para a Grande Aliança, pois foi a maior derrota de França em 40 anos, salvo a batalha de Viena do exército franco-bávaro e fez com que a Baviera saísse da guerra. A batalha terminou com o sonho de Luís XIV da França de dominar a Europa, estendendo o seu poder da Espanha aos Países Baixos e da Alemanha à Itália. Houve mais de 30.000 baixas nesta batalha entre mortos, feridos e prisioneiros.

Descrição da batalha

As tropas anglo-austríacas, lideradas pelo líder militar britânico, Jonh Churchill, 1º Duque de Marlborough e o general austríaco Eugênio de Savoia, venceram os franceses e os bávaros sob o comando do marechal francês Camille d'Huston de la Baume (1652-1728) e Maximiliano II Emanuel, eleitor da Baviera (1662-1726).


Jonh Churchill, 1º Duque de Marlborough assina um despacho em Blenheim. Óleo por Robert Alexander Hillingford.

A batalha se deu após uma ampla marcha estratégica empreendida por John Churchill, a partir da Bélgica, até as margens do Danúbio, com vistas a bater as tropas franco-bávaras que ameaçavam a Áustria.

Após uma batalha preliminar em Donauwörth, no dia 2 de julho de 1704, as duas forças adversárias voltaram a se chocar no dia 13 de agosto de 1704, na margem norte do Danúbio, próximo a Blenheim. Foi uma surpresa para os franceses.


A Batalha de Blenheim por John Wootton.

John Churchill atacou diretamente o flanco direito dos franceses, perto do Danúbio, enquanto Eugênio investia contra o flanco esquerdo numa região onde o terreno, comprimido entre o rio e as elevações, oferecia muito pouco espaço para manobrar. A única vantagem dos aliados, além da fibra e do treinamento que possuíam, residia no inesperado da acção ao procurar o combate em tais circunstâncias. A surpresa parcial obtida impediu que o exército francês adotasse as disposições apropriadas, de modo que a batalha se processou mais com a formação que utilizava no acampamento do que em ordem de batalha.

As baixas britânicas e austríacas foram 4.500 mortos e 7.500 feridos. Os franceses e bávaros perderam um número maior, mas indeterminado de soldados e 11.000 foram feitos prisioneiros. Após essa derrota, a dominação militar francesa na Europa começou a declinar.

Fonte: Wikipédia


Tags: Batalha de Blenheim, Batalha, guerra, Guerra da Sucessão Espanhola






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 23.07

  • Dia de Santa Brígida
  • Dia do Anjo Nanael
  • Dia do Guarda Rodoviário