Últimas notícias

Hoje na história

RSS
15 de setembro de 1644.

O Cardeal Giambattista Pamphili é eleito Papa, com o nome de Papa Inocêncio X

Inocêncio X, 236º Papa da Igreja Católica

Papa Inocêncio X, nascido Giovanni Battista Pamphili, ou Pamphilj (Roma, 6 de maio de 1574 — Roma, 7 de janeiro de 1655) foi Papa de 15 de setembro de 1644 até à data da sua morte. Grande estadista, foi eleito com 49 votos entre os 55 votantes, apesar da franca e agressiva oposição do Cardeal Jules Mazarin. Tomou na eleição o nome de Inocêncio X, altura em que já contava com 70 anos de idade. A festa de sua coroação foi grandiosa pela rivalidade de festejos entre os embaixadores espanhol e francês. Este até fez correr "fontes de puro vinho" ao povo romano. Inocêncio X concedeu demasiada influência à família de seu irmão, e a sua cunhada Olimpia Maidalchini parece ter se aproveitado do pontífice por conta disso, assumindo a verdadeira liderança do estado e da Igreja.

O Ano Santo de 1650 foi celebrado com Luís XIV. Também o embaixador de Espanha visitou Roma com trezentas carruagens douradas, cada uma com um séquito de dezenas de cavaleiros, lacaios etc.

Inocêncio X protestou contra certas cláusulas do Tratado de Vestefália (1648) que pôs fim à arrasadora guerra dos Trinta Anos na Alemanha, mas que sancionou na prática, o princípio "cuius regio eius religio", obrigando os súditos a adotar a religião do príncipe a que estavam submetidos. Na Inglaterra, o rei Carlos I era decapitado, 1649, sob as ordens do ditador Oliver Cromwell, o qual, puritano fanático, devastou a Irlanda católica em 1653. Na França e na Bélgica disputava-se sobre o livro "Augustinus" de Cornélio Jansen, bispo de Ypres, defendido por Pascal, Arnaul e Madre Angélica do convento de Port-Royal. Inocêncio condenou esta heresia, "jansenista".

Embelezou muito a cidade eterna de Roma, utilizando-se de inúmeros artistas de valor, apoiando-os com o seu mecenato.

Morreu aos 80 anos de idade, em 14 de janeiro de 1655. Seus parentes, a quem ajudara muito, ironicamente nada quiseram gastar com seu funeral. Mais tarde, um filho do seu sobrinho erigiu-lhe um belíssimo sepulcro na igreja de Santa Inês.

Fonte: Wikipédia


Tags: Papa, vaticano, igreja, catolicismo






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 17.09

  • Dia da Compreensão Mundial
  • Dia de São Narciso
  • Dia do Anjo Menadel
  • Dia Nacional do Portador de Deficiência Visual