Últimas notícias

Hoje na história

RSS
Sexta-Feira, 19 de Maio de 1769.

Giovanni Vincenzo Antonio Ganganelli é eleito o Papa Clemente XIV

Clemente XIV, 249º Papa da Igreja Católica

Clemente XIV, o Rigoroso (O.F.M. Conv. nascido Giovanni Vincenzo Antonio Ganganelli; Santarcangelo di Romagna 31 de outubro de 1705 — Roma 22 de setembro de 1774). Foi Papa de 19 de maio de 1769 até a sua morte. Era filho dum médico. Aos 18 anos vestiu o hábito Franciscano, sob o nome de frei Lourenço. Estudou em Roma.

Pregador de grande e impressionante capacidade apostólica. Nomeado cardeal por Clemente XIII em 1759. Sua eleição realizou-se num prolongado conclave de três meses com 179 escrutínios. O mais longo da história, e recordista de apurações "acaloradas".

Era bem visto pelos governos adversos aos Jesuítas. Mais certo ainda que, embora premido pelas circunstâncias, ele contemporizou quatro anos. Só em 21 de julho de 1773 publicou o breve Dominus ac Redemptor noster, com o qual extinguiu a Companhia de Jesus. Os soberanos Bourbons da França, Espanha, Nápoles e Parma não permitiam a permanência dos inacianos em seus países. Sebastião José de Carvalho e Melo, conde de Oeiras e marquês de Pombal, já os expulsara das terras lusitanas. O Geral, Padre Lourenço Ricci, não admitia modificações essenciais na constituição jesuítica: "sunt ut sint aut non sint". Preso no castelo San Ângelo, morreu octogenário em 22 de setembro de 1774, protestando a inocência de sua Companhia. Na Prússia protestante e na Rússia cismática foram os jesuítas acolhidos com distinção.

Faleceu em 22 de setembro de 1774, de uma doença pulmonar contraída numa procissão em dia chuvoso.

Fonte: Wikipédia


Tags: Papa, vaticano, igreja, catolicismo, Companhia de Jesus, jesuítas






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 14.12

  • Dia da Bíblia Evangélica
  • Dia de São João da Cruz
  • Dia do Engenheiro de Pesca
  • Dia Nacional da Ópera
  • Dia Nacional do Ministério Público Federal