Últimas notícias

Hoje na história

RSS
25 de setembro de 1956.

A peça teatral “Orfeu da Conceição” lança a parceria musical entre Tom Jobim e Vinicius de Moraes

Vinicius de Moraes e o elenco da peça 'Orfeu da Conceição'

Orfeu da Conceição é uma peça teatral escrita por Vinicius de Moraes em 1954, baseada no drama da mitologia grega de Orfeu e Eurídice. A trilha sonora da peça foi lançada em vinil no ano de 1956, pela Odeon, com música escrita por Antônio Carlos Jobim e letra de Vinicius.

Em 1959, baseado na peça, foi lançado o filme Orfeu Negro, premiado com a Palma de Ouro, o Oscar e o Globo de Ouro. Em 1999 foi lançado o segundo filme baseado na peça, chamado de Orfeu e dirigido por Cacá Diegues com música de Caetano Veloso.

A peça

Orfeu da Conceição é uma adaptação em forma de peça musical do mito grego de Orfeu transposto à realidade das favelas cariocas. A obra marca o encontro artístico do autor Vinicius de Moraes com Antonio Carlos Jobim que musicou todo espetáculo. O espetáculo estreou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro em 25 de setembro de 1956 com cenários de Oscar Niemeyer. Encenado pelo Teatro Experimental do Negro de Abdias Nascimento, foi a segunda vez que um elenco de atores negros ocupava o mais famoso teatro brasileiro. A primeira foi a estreia do Teatro Experimental do Negro em 8 de maio de 1945, com a peça O imperador Jones, de Eugene O'Neill.

Em 2010, passados 54 anos e rebatizado apenas de Orfeu, o musical foi remontado e produzido pela Showbras com direção de Aderbal Freire-Filho, direção musical de Jaques Morelenbaum e Jaime Alem, cenários de Marcos Flaksman e coreografia de Carlinhos de Jesus. No elenco 16 atores negros acompanhados por sete músicos interpretam na íntegra o texto de Vinicius de Moraes e um repertório de 46 músicas da dupla Tom e Vinicius ao longo do Musical. Foi apresentado no Rio de Janeiro, em São Paulo e Brasília, com ampla cobertura da Imprensa. O diretor Aderbal Freire Filho disse: " Encenei, ao longo de toda minha carreira de diretor de teatro, cerca de 100 espetáculos. Ganhei praticamente todos os prêmios do teatro brasileiro (Molière, Mambembe, Shell, Golfinho de Ouro, APCA, etc)...nem sempre mereci quando ganhei e muitas vezes deixei de ganhar quando provavelmente merecia...poucas vezes me senti tão realizado e tão justificado enquanto artista de teatro como com o último espetáculo que criei, Orfeu..."

Sinopse da peça

O mito de Orfeu reúne os principais temas poéticos da obra de Vinicius: a aliança entre a música e a poesia, a presença marcante da mulher, a obsessão pela morte e a fé no amor absoluto. Vinicius de Moraes transportou para as favelas cariocas, um feriado de carnaval, a história de amor de final trágico entre Orfeu e Eurídice. No musical, Orfeu, um sambista que vive no morro, filho de um músico e de uma lavadeira, apaixona-se por Eurídice. A paixão entre Orfeu e Eurídice desperta o ciúme e o desejo de vingança em Mira, ex-namorada do sambista, que leva Aristeu, apaixonado por Eurídice, a matá-la. Numa terça-feira, último dia de Carnaval, Orfeu desce do morro e vai até o Clube Os Maiorais do Inferno depois de Eurídice estar morta. Já ensandecido, ele vai procurar Eurídice para ver sua amada, tentar encontrá-la novamente. De volta à favela, solitário, ele é morto por Mira e pelas outras mulheres açuladas por ela.

Fonte: Wikipédia


Tags: Orfeu da Conceição, Orfeu, teatro, música, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, MPB






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 21.10

  • Dia da Iluminação
  • Dia de Santo Hilarião
  • Dia do Anjo Yabamiah
  • Dia do Contato
  • Dia do Contato Publicitário
  • Dia do Ecumenismo
  • Dia do Lixeiro
  • Dia do Securitário