Últimas notícias

Hoje na história

RSS
27 de setembro de 1964.

A Comissão Warren conclui que Lee Oswald foi o único culpado pelo assassinato do presidente americano John F. Kennedy

O presidente Kennedy, sua esposa (Jacqueline) e o governador do Texas, John Connally, na limusine presidencial, minutos antes do assassinato.

O assassinato de John F. Kennedy (1917- 1963), o trigésimo-quinto Presidente dos Estados Unidos, ocorreu na sexta-feira, dia 22 de novembro de 1963, em Dallas, Texas, Estados Unidos às 12:30 CST (18:30 UTC). Kennedy foi mortalmente ferido por disparos enquanto circulava no automóvel presidencial na Praça Dealey. Foi o quarto presidente dos Estados Unidos a ser assassinado, e o oitavo que morreu no exercício do cargo.

Duas investigações oficiais concluíram que Lee Harvey Oswald, um empregado do armazém Texas School Book Depository na Praça Dealey, foi o assassino. Uma delas concluiu que Oswald atuou sozinho e outra sugeriu que atuou com pelo menos um cúmplice. O assassinato sempre esteve sujeito a especulações e dúvidas, sendo origem de um grande número de teorias de conspirações.

Lee Harvey Oswald

Lee Harvey Oswald, suspeito de ter sido agente do serviço secreto cubano desde pelo menos novembro de 1962 e que viveu a na União Soviética por muitos anos, foi detido 80 minutos depois do assassinato por ter matado um oficial da polícia de Dallas, J. D. Tippit. Foi acusado da morte de Tippit e de Kennedy à última hora da tarde de 22 de novembro de 1963. Oswald negou sempre ter disparado contra o presidente.

O caso de Oswald nunca foi julgado porque dois dias depois, enquanto era trasladado e custodiado pela polícia, Jack Ruby dispara sobre ele e mata-o.

Investigações oficiais

Polícia de Dallas

Depois da detenção de Oswald e da recolha de provas físicas na cena do crime, às 22:30 CST 22 de novembro de 1963 (04:30 UTC 23 de Novembro) é ordenado ao Chefe da Polícia de Dallas, Jesse Curry, por "gente de Washington", segundo as suas próprias palavras, enviar todo o material para o quartel-geral do FBI.

Investigação do FBI

O FBI foi a primeira autoridade a completar uma investigação oficial. Em 9 de dezembro de 1963, apenas 17 dias depois do crime, o relatório do FBI foi entregue à Comissão Warren. O texto afirmava que somente três disparos foram realizados; o primeiro atingiu o presidente Kennedy, o segundo atingiu o Governador do Texas, John Bowden Connally Jr, e o terceiro a cabeça do presidente, matando-o. O FBI estabeleceu que Lee Harvey Oswald fora o autor dos três disparos.

A Comissão Warren

A primeira investigação oficial do assassinato foi estabelecida pelo presidente Lyndon B. Johnson em 29 de novembro de 1963, uma semana depois do crime. Foi presidida por Earl Warren, então à frente da Corte Suprema dos Estados Unidos, conhecida universalmente (mas não oficialmente) como "Comissão Warren".

O relatório final da comissão foi publicado em 27 de setembro de 1964, depois de 10 meses de investigação. Concluía-se que não se podiam encontrar provas persuasivas de uma conspiração interna ou externa que implicasse outras pessoas, grupos ou países, e que Lee Harvey Oswald atuara sozinho.


Lee Harvey Oswald.

No entanto, muitas pistas acumulavam-se em torno da possibilidade de uma conspiração, pois muitos sugeriam que Lee Harvey Oswald fora agente da CIA. As teorias iniciaram-se com Victor Marchetti, que no seu livro "Cult of Intelligence" "(Culto da Inteligência)" descrevia os programas de agentes duplos onde supostamente estaria enquadrado Oswald.

Numa declaração à HSCA em 1978, James A. Wilcott, ex-oficial de finanças da CIA, afirmou que Oswald foi recrutado entre os militares pela CIA com o objetivo de colocar-se como agente duplo na URSS. Especificamente, foi agente da Office of Naval Intelligence.

Fonte: Wikipédia


Tags: assassinato de John F. Kennedy, John F. Kennedy, Lee Oswald, Lee Harvey Oswald, Comissão Warren






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 25.05

  • Dia da Costureira
  • Dia da Liberdade de Impostos
  • Dia de Santa Maria Madalena de Pazzi
  • Dia de São Gregório VII
  • Dia do Industrial e da Indústria
  • Dia do Massagista
  • Dia do Orgulho Nerd
  • Dia do Trabalhador Rural
  • Dia Nacional da Adoção