Últimas notícias

Hoje na história

RSS
28 de setembro de 1934.

Nasce Brigitte Bardot, atriz francesa


Brigitte Bardot, nome artístico de Brigitte Anne-Marie Bardot, (Paris, 28 de Setembro de 1934) é uma atriz e cantora francesa.

Bardot foi uma das atrizes mais conhecidas do cinema, bem como símbolo sexual mundial nas décadas de 50, 60 e 70. Seu pai, Louis Bardot, foi um industrial da alta burguesia francesa. Sua mãe, Anne-Marie, era 14 anos mais jovem que o pai de Brigitte e casaram-se em 1933. Brigitte recebeu influência de sua mãe nas artes da dança e música. Com quinze anos, Brigitte tentou a carreira de modelo e foi capa da revista Elle Magazine francesa.

Tentou a carreira de atriz no cinema desde 1952. Seu primeiro papel no cinema foi como Javotte Lemoine em Le Trou normand (1952). O seu segundo filme foi Manina, A moça sem véu (1952) (título original: Manina, la fille sans voile) o pai de Brigitte recorreu à Justiça, sem sucesso, para impedir que o diretor Willy Rozier utilizasse cenas em que Brigitte Bardot aparece semi-vestida em um pequeno biquíni. Casou com Roger Vadim, um jovem assistente de realização e jornalista, em 1952, após anos de namoro à revelia dos pais.

Brigitte participou em mais 14 filmes até alcançar a fama com E Deus Criou a Mulher, realizado pelo seu marido. O filme passava-se em Saint-Tropez e, na época, provocou um grande escândalo na França, onde não obteve grande sucesso. Foi nos Estados Unidos que o filme causou furor. Foi um dos filmes mais vistos do ano, passando à frente de Os dez mandamentos e A volta ao mundo em 80 dias. O escândalo foi grande, mas Brigitte seduziu os americanos com o seu papel de jovem órfã à procura do amor e tornou-se na atriz européia mais famosa na América.

Com a sua crescente popularidade mundial, Brigitte continuou a fazer vários filmes, alguns realizados apenas com o intuito de aproveitar a imagem de sex-symbol da atriz.

No verão de 1964 Brigitte Bardot mudou a vida de uma pequena cidade do litoral do Rio de Janeiro chamada Armação dos Búzios onde ficou hospedada em suas visitas pelo Brasil, na companhia do namorado Bob Zaguri, um marroquino que viveu muitos anos no Brasil. Em sua biografia, Bardot deixou registrado que os períodos passados na região foram as épocas mais lindas de sua vida.

Depois da visita de BB, Búzios foi descoberta pelos brasileiros, virou município e tornou-se um dos pontos mais procurados do verão, inclusive por estrangeiros. Em sua homenagem, a Prefeitura criou a Orla Bardot, na Praia dos Ossos, e ergueu ali uma estátua da atriz em tamanho natural.

Em 1973, após vários filmes sem sucesso, quer de público, quer a nível de crítica, e à beira dos 40 anos, Brigitte decide retirar-se do cinema. Desde então, tem dedicado a sua vida à defesa dos animais, tendo criado uma fundação com o seu nome.

Publicou, em 1996, uma autobiografia que foi um grande sucesso de vendas na França. Mais recentemente, tem sido notícia pelas suas opiniões sobre a comunidade muçulmana erradicada na França, nomeadamente em relação aos rituais de sacrifício de animais.

Tags: Atriz, cinema, filme






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 18.09

  • Dia de Santa Sofia
  • Dia do Anjo Aniel
  • Dia dos Símbolos Nacionais