Últimas notícias

Hoje na história

RSS
08 de setembro de 1966.

Lançamento da Série Star Trek - Jornada nas Estrelas

Star Trek TOS (série original)

Star Trek (no Brasil, Jornada nas Estrelas; em Portugal, O Caminho das Estrelas) é uma série de televisão norte-americana de ficção científica criada por Gene Roddenberry, produzida pela Desilu Productions (mais tarde pela Paramount Television) e exibida pela NBC de 8 de setembro de 1966 até 3 de junho de 1969.

Apesar de seu título ser Star Trek, é chamada de Star Trek: The Original Series para se diferenciar de suas sequências e do universo ficcional criado. Ela se passa no século XXIII. A série segue as aventuras da tripulação da nave estelar USS Enterprise, comandada pelo Capitão James T. Kirk, o Primeiro Oficial Comandante Spock e o Oficial Médico Chefe Leonard McCoy. O monólogo de introdução narrado por William Shatner em cada episódio estabelece o propósito da missão da nave:

“Espaço: a fronteira final. Estas são as viagens da nave estelar Enterprise. Em sua missão de cinco anos... para explorar novos mundos... para pesquisar novas vidas... novas civilizações... audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve.”

Quando Star Trek estreou na NBC em 1966 não foi um sucesso. Inicialmente, seus Nielsen Ratings foram baixos. Antes do final da primeira temporada, alguns executivos da NBC queriam cancelar o programa devido aos seus índices baixos de audiência.

Ao final de sua segunda temporada, a série foi quase cancelada novamente. Devido a uma campanha dos fãs, a série recebeu uma terceira temporada, porém a NBC mudou o dia de exibição para o "horário da morte" de sexta-feira, 22:00.

Star Trek foi cancelada ao final de sua terceira temporada depois de 79 episódios. Entretanto, isso foi o suficiente para o programa ir para a sindicação, permitindo se tornar extremamente popular com reprises durante a década de 1970. O sucesso do programa foi seguido por outras cinco séries de televisão e onze filmes. O Guinness World Records reconhece Star Trek como a série de televisão com o maior número de spin-offs da história.


A nave estelar Enterprise.

Criação e desenvolvimento

Em 1964, Gene Roddenberry, um grande fã de ficção científica, esboçou uma proposta de uma série de televisão de ficção científica chamada de Star Trek.

Ela se passaria a bordo de uma grande nave estelar cuja tripulação se dedicaria a exploração de uma parte da Via Láctea.

Algumas das influências de Roddenberry foram os contos de A. E. van Vogt sobre a nave estelar Space Beagle, a série Marathon de Eric Frank Russell e o filme Forbidden Planet (1956). Outras pessoas viram paralelos com as séries Rocky Jones, Space Ranger, uma série menos sofisticada que inclui muitos elementos; como a organização, missões, relações da tripulação, desenho da ponte e até tecnologia que foram partes de Star Trek.

Roddenberry também se inspirou nos livros de Horatio Hornblower, escritos por C. S. Forrester, sobre um capitão de navio que exerce autoridade em missões distantes de propósito nobre. Roddenberry frequentemente dizia, de forma bem humorada, que James T. Kirk era o "Horatio Hornblower do espaço".

Roddenberry tinha grande experiência em escrever séries sobre o Velho Oeste que eram bastante populares nos anos 1950 e 1960, chamando seu novo programa de um "vagão de trem para as estrelas".

Em 1964, Roddenberry assinou um contrato para desenvolver um programa em três anos com a produtora independente Desilu Productions. Em seu conceito original, o protagonista era o Capitão Robert April da nave estelar SS Yorktown. O personagem depois foi transformado no Capitão Christopher Pike.

O conceito de Star Trek foi apresentado primeiramente para a CBS, que recusou em favor da série Lost in Space (Perdidos no Espaço), criada por Irwin Allen.

Roddenberry então apresentou Star Trek para o chefe da Desilu Studio, Herb Solow, que eventualmente aceitou o projeto. Solow então vendeu os direitos de Star Trek para a NBC, que pagou pelo piloto rejeitado "The Cage", que foi descrito como "muito cerebral". Mesmo assim, os executivos da NBC ainda ficaram impressionados com o conceito, e perceberam que as falhas se deviam parcialmente ao roteiro que eles mesmos haviam aprovado.

Os executivos da NBC então fizeram uma decisão pouco comum, encomendaram um novo piloto, usando o roteiro chamado "Where No Man Has Gone Before" (Onde nenhum homem jamais esteve). Apenas o personagem de Spock, interpretado por Leonard Nimoy, permaneceu no segundo piloto, e apenas Majel Barrett e Nimoy permaneceram no elenco. O novo piloto foi aprovado pela NBC e Star Trek foi agendado para estrear no outono de 1966.

O segundo piloto introduziu o resto do elenco principal: Capitão Kirk (William Shatner), Engenheiro Chefe Tenente-Comandante Scott (James Doohan) e o Tenente Sulu (George Takei). Paul Fix interpretou o Dr. Mark Piper no segundo piloto; Leonard McCoy (DeForest Kelley) só se juntou ao elenco após o início das filmagens da primeira temporada. Também se juntou a tripulação permanente a Oficial de Comunicações, Tenente Uhura (Nichelle Nichols), a primeira mulher afro-americana a ter um papel tão importante em uma série americana. Walter Koenig se juntou ao elenco como o Alferes Pavel Chekov no início da segunda temporada.

Produção

A equipe de produção do programa incluía o diretor de arte Matt Jefferies. Jefferies, que criou o desenho da nave estelar Enterprise e a maioria de seus interiores. Suas contribuições a série foram honradas com o "tubo Jefferies", um tubo de equipamentos usado em várias séries de Star Trek. Além de trabalhar com seu irmão, John Jefferies, para criar os fasers, ele também desenvolveu o desenho da ponte de comando, baseado no conceito original de Pato Guzman. Jefferies usou suas experiências na Segunda Guerra Mundial e seu conhecimento de aeronaves para criar o traçado elegante, funcional e ergonómico da ponte.

O figurinista de Star Trek foi William Theiss, que criou os uniformes da Frota Estelar usados pela tripulação da Enterprise, os figurinos usados pelas atrizes convidadas e o de vários alienígenas, incluindo os klingons, vulcanos e romulanos.

O artista e escultor Wah Chang, que trabalhou para a Walt Disney Company, foi contratado para criar os objetos de cena: ele criou os famosos comunicadores, muitas vezes creditado como influência para os telefones celulares. Chang também criou os tricorders e vários dos equipamentos usados na engenharia e enfermaria. Ele também ajudou a criar alguns dos mais memoráveis alienígenas da série, como os Gorn e a Horta.


Foto promocional do elenco de Star Trek para sua terceira temporada.
Da esquerda para a direita: James Doohan, Walter Koenig,
DeForest Kelley, Majel Barrett, William Shatner, Nichelle Nichols, Leonard Nimoy e George Takei.

Fonte: Wikipédia


Tags: Jornada nas Estrelas, ficção, série, televisão, Gene Roddenberry, Star Trek, Spock, James Kirk, Scotty, Dr. McCoy, Hikaru Sulu, Pavel Chekov, Uhura






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 19.11

  • Dia da Bandeira
  • Dia da Caminhada da Bandeira
  • Dia de Santa Matilde de Hackeborn
  • Dia de Santo Abdias
  • Dia do Anjo Haaiah
  • Dia do Cordelista
  • Dia Internacional do Homem
  • Dia Internacional do Xadrez
  • Dia Mundial da Prevenção a Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes