Últimas notícias

Hoje na história

RSS
Domingo, 09 de Outubro de 1820.

Guayaquil declara independência da Espanha


Santiago de Guayaquil é a cidade mais populosa do Equador, e também o principal porto do país. Guayaquil situa-se na margem ocidental do rio de Guayas, que desemboca no golfo de Guayaquil, no Oceano Pacífico. Guayaquil está a aproximadamente 250 km na direção sul-sudoeste da capital equatoriana, Quito. De acordo com o censo mais recente (2001), sua população era de 1.985.379 pessoas.

Guayaquil é a capital da província Equatoriana de Guayas e sede do cantão homônimo. (em Equador, um cantão (cantón) é uma subdivisão do país menor que uma província.)

A história de Guayaquil se assenta nos fatos de três fundações, sendo a última e definitiva a 25 de Julho de 1538 pelo Capitão Francisco de Orellana, ao pé do Cerro Santa Ana.

Durante a época da colônia Guayaquil ocupou um lugar preferencial. O comércio e a navegação foram a sustentação da economia; nos estaleiros se construíam embarcações com as famosas madeiras de suas montanhas como guayacán, *mangle, balsa, loureiro, e outras.

Na madrugada de 9 de outubro de 1820, a cidade se tornou independente, sendo a primeira no atual Equador a conseguir. Constituiu-se como uma província livre, sob o mandato de José Joaquín de Olmedo, e teve dentro de sua extensão territorial as costas de Equador, inclusive além das fronteiras do atual país tanto no norte como no sul. No entanto, dois anos depois Simón Bolívar, depois da reunião que teve com José de San Martín na cidade, anexou a província livre de Guayaquil à Grande Colômbia, por sua própria conta, sem considerar a opinião da cidade nem a de Olmedo.



Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 20.12

  • Dia do Mecânico
  • Dia da Bondade
  • Dia de São Zeferino
  • Dia de São Liberato

Agenda do dia - 20.12

  • 12:00 às 15:00 Feijoada no BOX 21 - Rua Carlos von Koseritz, 304 - reservas (51) 3325-5121