Últimas notícias

Hoje na história

RSS
08 de dezembro de 1980.

O Sonho Acabou, John Winston Lennon, é assassinado em Nova Iorque

John Lennon

John Winston Lennon, (Liverpool, 9 de Outubro de 1940 - Nova Iorque, 8 de Dezembro de 1980) foi um ícone do século XX, músico, cantor e compositor britânico. John Lennon fez parte do grupo de rock inglês “The Beatles”. Quando estava nos Beatles, durante os anos 60, John Lennon formou com Paul McCartney o que seria uma das mais famosas duplas de compositores de todos os tempos, assinando suas canções como “Lennon & McCartney”. Dentre suas composições famosas junto aos Beatles estão Help, Strawberry Fields Forever e All You Need is Love, Come Together, entre outras. Em carreira solo suas composições mais famosas são “Imagine”, Woman, Happy Xmas, Working Class Hero, Give Peace a Chance, Power To The People, entre outras.

Lennon também ficou conhecido como o mais rebelde dos Beatles, polêmico em suas entrevistas e comportamento, tornou-se ativista em favor da paz.

Na noite de 8 de dezembro de 1980, quando voltava para o apartamento onde morava em Nova Iorque, no edifício Dakota, em frente ao Central Park, John foi abordado por um rapaz que durante o dia havia lhe pedido um autógrafo em um LP Double Fantasy em frente ao Dakota. O rapaz era Mark David Chapman, um fã dos Beatles e de John, que acabou atirando em John Lennon com um revólver calibre 38. A polícia chegou minutos depois e levou John na própria viatura para o hospital. O assassino permaneceu no local com um livro nas mãos, O Apanhador no Campo de Centeio de J.D. Salinger. John morreu após perder muito sangue, aos quarenta anos de idade. Logo após a notícia da morte de John Lennon, que correu o mundo, uma multidão se juntou em frente ao Dakota, com velas e cantando canções de John e dos Beatles.

O assassino foi preso, pois permaneceu no local, esperando os policiais chegarem. Ao entrar na viatura, pediu desculpas aos policiais pelo transtorno que havia causado. Em seu julgamento alegou ter lido em O apanhador no Campo de Centeio uma mensagem que dizia para matar John Lennon. Acabou sendo condenado à prisão perpétua e até hoje é mantido numa cela separada de outros presos, devido às ameaças de morte que recebeu.


Tags: Beatles, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison, Ringo Starr, rock, música






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 15.10

  • Dia de Santa Tereza d’Avila
  • Dia do Anjo Ayel
  • Dia do Normalista
  • Dia do Professor