Últimas notícias

Hoje na história

RSS
24 de outubro de 1998.

Lançamento da sonda Deep Space 1

Concepção artística da sonda Deep Space 1

A missão Deep Space 1 (Espaço Profundo 1) foi lançada em 24 de outubro de 1998 da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, por um foguete Delta II. É uma missão da NASA gerenciada pelo Jet Propulsion Laboratory - JPL.

Ela é a primeira de uma série de missões de pesquisa do espaço profundo e de órbita terrestre, sendo um programa da NASA denominado New Millennium que visa experimentar novas tecnologias no espaço.

Seu objetivo principal era o de avaliar 12 novas tecnologias durante a fase primária de sua missão. Teve bastante sucesso em sua empreitada e na sua fase estendida, ele se encontrou com o cometa Borrelly e obteve as melhores imagens deste cometa.

Conduziu novas experiências na sua fase hiper-estendida da missão. A sonda foi desativada em 18 de dezembro de 2001.


Lançamento de Deep Space 1 da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, por um foguete Delta II.

A Missão

A missão primária da sonda Deep Space 1 foi dedicada a testar um pacote de novas tecnologias, nunca antes utilizadas em uma nave espacial.

Três destas novas tecnologias tiveram que serem postas em funcionamento, pouco depois que a nave se separou do seu foguete de lançamento.

Diferentemente das outras missões, nas quais a nave espacial passa um período de vários meses no espaço com mínima atividade até a chegada ao seu destino, a sonda Deep Space 1 imediatamente iniciou um período de intensa atividade, para realizar testes e experimentos nas suas 12 novas tecnologias transportadas a bordo da sonda.

Uma pequena equipe de cientistas acompanhava o tremendo aumento de atividades nos 9 meses que se seguiram ao lançamento da sonda, a maioria dos quais eram testes que ultrapassaram as metas anteriormente estabelecidas.

Além dos testes realizados pelo Deep Space 1 um programa adicional foi estabelecido: o encontro desta sonda com um asteroide.

Dois meses após o término de seus experimentos, a sonda foi programada para interceptar um cometa. Antes de entrar na sua fase estendida ocorreu uma falha crucial na sonda que obrigou a ser realizada uma grande operação de resgate da sonda, na qual se conseguiu recuperar a funcionalidade.

A missão estendida teve seu ápice em Setembro de 2001 com um grande e perfeito encontro com o cometa Borrelly, onde o tempo de funcionamento da sonda ultrapassou mais de três vezes o período de tempo originalmente previsto.

Depois deste encontro se iniciou a fase hiper-estendida da missão. A sonda então retornou as suas origens, nove de suas tecnologias foram novamente testadas. Três tecnologias que exigiam a utilização do sistema autônomo não foram ativadas durante esta fase. Isso permitiu que estes equipamentos fossem novamente testados depois de um longo período no espaço.

Havendo excedido tanto em sua face tecnológica como em sua face científica, a sonda foi desativada às 20:00 de 18 de dezembro de 2001. O seu transmissor foi desativado, mas a sonda Deep Space 1 permanece funcional, com o seu receptor ligado.

Fonte: Wikipédia


Tags: Deep Space 1, Espaço, exploração espacial, sonda, Nasa






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 10.12

  • Dia da Declaração Internacional dos Direitos Humanos
  • Dia de São Melquíades
  • Dia Internacional dos Povos Indígenas
  • Dia Universal do Palhaço