Últimas notícias

Hoje na história

RSS
21 de agosto de 1979.

O bailarino Alexander Borisovich Godunov, um dos principais astros do Balé Bolshoi, pede asilo político aos Estados Unidos

Alexander Borisovich Godunov

Alexander Borisovich Godunov, em russo: Александр Борисович Годунов (Rússia, 28 de novembro de 1949 - California, EUA, 18 de maio de 1995), foi um bailarino e ator russo.

Foi um dos principais astros do Balé Bolshoi e durante uma temporada em 1979 nos Estados Unidos da América, pediu asilo político no país norte-americano. Na ocasião, era casado com a bailarina Lyudmila Vlasova, também do elenco do Balé Bolshoi que não quis acompanhar o marido e voltou para a então União Soviética.

Nos Estados Unidos da América ele se tornou o primeiro bailarino do American Ballet Theatre em Nova Iorque e também investiu em sua carreira cinematográfica trabalhado em filmes como A Testemunha (1985), Um Dia a Casa Cai (1986) e Duro de Matar (1988).

Morreu repentinamente aos 45 anos, em decorrência do alcoolismo.

Deserção da União Soviética

Em 21 de agosto de 1979, durante uma turnê com o Balé Bolshoi na cidade de Nova York, Godunov contatou as autoridades norte-americanas e pediu asilo político.

Depois de descobrir o desaparecimento de Alexander Godunov, a KGB respondeu colocando sua esposa, Lyudmila Vlasova, solista do Bolshoi, em um avião para Moscou, mas o voo foi parado antes da decolagem.

Após três dias, com o envolvimento do presidente Jimmy Carter e do líder soviético Leonid Brejnev, o Departamento de Estado dos Estados Unidos ficou convencido de que Vlasova havia escolhido retornar à União Soviética por sua própria vontade e permitiu que o avião partisse.

Esse incidente foi dramatizado em um filme de 1986, Voo 222.

Vlasova disse mais tarde que, enquanto Godunov amava a cultura norte-americana e há muito desejava viver nos Estados Unidos, percebeu que ela era "muito russa" para viver nos Estados Unidos. O casal se divorciou em 1982.

Fonte: Wikipédia


Tags: Alexander Godunov, Lyudmila Vlasova, Balé Bolshoi, balé, bailarino, Guerra Fria, deserção, fuga, União Soviética






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 20.06

  • Dia de São Adalberto
  • Dia do Anjo Pahaliah
  • Dia do Revendedor
  • Dia Mundial do Refugiado