Últimas notícias

Hoje na história

RSS
16 de maio de 1919.

Um hidroavião Curtiss NC-4 comandado por Albert Cushing Read parte de Trepassey, Newfoundland, para Lisboa, via Açores, no primeiro voo transatlântico

O avião Curtiss NC-4 comandado por Albert Cushing Read no seu regresso aos EUA

Curtiss NC-4 é a designação oficial de um celebrizado voo operado por uma aeronave Curtiss NC, fabricada pela entretanto extinta Curtiss Aeroplane and Motor Company, que sobrevoou pela primeira vez, o Oceano Atlântico entre Nova Iorque e Lisboa, com paragens nos Açores, logrando assim também a denominação de primeiro voo transatlântico da história da aviação.

Não obstante o feito histórico, alguns meses após e no mesmo ano de 1919 realizou-se o voo de Alcock e Brown que, ao contrário do voo Curtiss NC-4, operou-se na versão non-stop ou seja sem paradas, pelo que é considerado menos controversamente na história da aviação, como o primeiro voo transatlântico.

História

No período da Primeira Guerra Mundial uma verdadeira corrida pela travessia aérea do Atlântico teve lugar, graças ao incentivo de periódicos como o londrino Daily Mail, que promoveu um concurso com um prêmio de dez mil libras esterlinas ao aviador que conseguisse fazer o primeiro voo sem escalas, em menos de 72 horas, entre os Estados Unidos, o Canadá, ou a Terra Nova e as Ilhas Britânicas.

Nesse contexto, uma esquadrilha de três hidroaviões quadrimotor da Marinha dos Estados Unidos intentou a primeira travessia do Atlântico Norte, por etapas. Para esse fim partiu de Nova Iorque para a Terra Nova, de 16 para 17 de maio de 1919. Duas das aeronaves (NC-1 e NC-2) necessitaram fazer uma amaragem de emergência na altura na ilha das Flores. A NC-1 acabou por ficar completamente danificada e a NC-2 logrou alcançar o porto de Ponta Delgada, a 19 de maio, mas estava incapacitada para prosseguir o voo. Apenas a NC-4, batizada como "Liberty", sob o comando do capitão-tenente Albert Cushing Read, conseguiu completar o percurso, tendo feito escala na baía da Horta a 17 de maio, seguindo para Ponta Delgada, onde fez escala a 20 de maio. Após uma semana de repouso, partiu na madrugada do dia 27 de maio em direção a Lisboa, tendo fundeado nessa noite nas águas do rio Tejo.


A tripulação do voo.


O NC-4 em Lisboa, Portugal

Fonte: Wikipédia


Tags: Voo, voo transatlântico, aviação, Santos Dumont, John Alcock, Arthur Whitten Brown, Curtiss NC-4






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 24.05

  • Dia da Infantaria
  • Dia de Nossa Senhora Auxiliadora
  • Dia de São Vicente de Lérins
  • Dia do Datilógrafo
  • Dia do Detento
  • Dia do Telegrafista
  • Dia do Vestibulando
  • Dia Nacional do Cigano