Últimas notícias

Hoje na história

RSS
22 de Novembro de 1916.

Jack London, escritor norte-americano, se suicida


Jack London, pseudônimo de John Griffith Chaney (São Francisco, 12 de janeiro de 1876 - 22 de novembro de 1916), foi um escritor norte-americano, autor de mais de 50 livros.

Dentre os seus livros mais conhecidos encontramos: Call of the Wild (O Grito da Selva), Caninos Brancos e O Lobo-do-Mar, entre outros.

Seus romances manifestam quase sempre o conflito entre o acentuado individualismo do autor e seus anseios para reformas sociais. Abandonou a escola com 14 anos e iniciou uma vida de aventuras. Foi pescador,garimpeiro e andarilho antes de se tornar jornalista. Navegou durante anos por terras distantes. As experiências de viagem mais tarde inspiraram contos e romances que o tornaram famoso, com seu estilo típico de relatar episódios com os aspectos brutais e vigorosos da vida. Viveu no Klondike, Canadá,no ano de 1897, durante a Corrida do Ouro. Após isso tornou-se escritor.

Seu primeiro livro, The son of the wolf (1900), descreve a luta de um homem num meio hostil. Fez grande sucesso desde o seu lançamento. Operário, catador de ostras clandestino, revolucionário marxista, dono de uma mal-sucedida fábrica de sucos, correspondente de guerra, marinheiro, minerador de ouro, correspondente de guerra, escritor best-seller, vagabundo. London carrega consigo a imagem de um homem de ação. Diferente de seus precedentes, como Hemingway e Fitzgerald, preferia os perigos da natureza nas geleiras no alto-mar ou nas selvas tropicais.

O escritor suicidou-se aos 40 anos em Glenn Ellen, Califórnia,em 22 de novembro de 1916.

Fonte: Livro Caninos Brancos, Ed. Martin Claret, pág.185 e 186.

Tags: Escritor, literatura






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 19.07

  • Dia da Caridade
  • Dia de São ímaco (Papa)
  • Dia de São Símaco
  • Dia do Anjo Vehuel
  • Dia Nacional do Futebol