Últimas notícias

Hoje na história

RSS
24 de novembro de 1963.

Lee Harvey Oswald acusado de ter assassinato o presidente Kennedy, é morto a tiro por Jack Ruby na sede da policia de Dallas

Lee Harvey Oswald
Lee Harvey Oswald (18 de Outubro, 1939 - 24 de Novembro, 1963) foi, de acordo com quatro investigações do governo dos Estados Unidos da América, o assassino do presidente dos Estados Unidos da América: John F. Kennedy, que ocorreu no dia 22 de Novembro de 1963.

Críticos da versão oficial alegam que Oswald não cometeu tal ato sozinho, ou que não estava envolvido no crime, sendo a sua participação uma fraude. No entanto, nenhum suspeito alternativo plausível emergiu das investigações.

Recentemente, exames balísticos feitos com a ajuda de computação gráfica provaram ser perfeitamente possível o assassinato de Kennedy conforme a versão oficial, não havendo contradição alguma quanto à trajetória da bala, ao padrão dos ferimentos no presidente ou qualquer outra evidência que possa provar o contrário dos fatos conforme noticiados à época.

Segundo a Comissão Warren (1964), Lee Oswald teria sido o único autor dos disparos que provocaram a morte do Presidente John F. Kennedy. Mas, a House Select Committee on Assassinations, em 1979, concluiu que embora Oswald tivesse sido o autor dos disparos, o assassínio do presidente Kennedy poderia tratar-se de uma conspiração. No entanto, esta identidade, não foi capaz de identificar qualquer indivíduo ou organização que pudesse estar envolvida e, o caso acabou por ser encerrado.

A comissão Warren fez vistas grossas a assassinatos que ocorreram na cidade de Dallas no mesmo dia em que mataram John Fitzgerald Kennedy, a polícia recebeu uma denúncia de um possível atentado contra o presidente horas antes, mas não deu atenção, pessoas que estavam perto do carro do presidente na hora dos disparos, afirmaram que ouviram tiros vindo de trás de uma cerca feitos por homens de preto, essas testemunhas foram alertadas por policiais a não deporem, que isso as comprometeria.

A arma que foi deixada por Lee Harvey Oswald no prédio de onde a comissão julgou terem vindo os disparos, era uma arma italiana da segunda guerra, que precisa no mínimo de quatro segundos para dar um tiro seguido de outro, as imagens mostram que o presidente recebeu os dois disparos mais um outro que acertou o governador do texas em menos de dez segundos, havia uma árvore entre Lee Oswald e Kennedy, o que torna o feito ainda mais extraordinário.

Lee, na sua infância, foi uma criança problemática, com dificuldades no estudo (havendo suspeitas de que ele tenha sido disléxico). Apesar disso, era um leitor voraz, e autodidata. A suas leituras fizeram dele um comunista convicto. No momento do crime, encontrava-se desempregado. Oswald serviu no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos.

Lee Harvey Oswald foi assassinado dois dias após o crime, por Jack Ruby, gerente de casas de prostituição com ligações com a máfia, de origem judaica e militante do Partido Democrata. O assassinato ocorreu num prédio público de Dallas, durante a transferência de Oswald para uma outra prisão. Foi o primeiro assassinato transmitido ao vivo na História, e causou grande comoção nacional. Jack Ruby alegou razões passionais para cometer o crime, e diz que pensou que seria visto como herói nacional.

De fato, jornalistas e testemunhas presentes à cena do crime aplaudiram quando ficaram a saber que Oswald tinha sido baleado. Mas Ruby foi condenado à pena capital. No entanto, nunca chegou a ser executado: morreu em 1969, vítima de cancro, enquanto esperava pelo seu julgamento. Até hoje, não há qualquer evidência de que Ruby tenha feito parte de uma conspiração: ao que tudo indica, agiu sozinho (exatamente como Oswald, segundo algumas versões dos fatos). Ruby sempre foi visto por familiares, empregados e amigos como emocionalmente instável, e mentalmente insano.

Lee Harvey Oswald encontra-se enterrado no cemitério de Fort Worth, Texas, ao lado da sua mãe (que faleceu em 1981). Chegou a ser exumado da sua cova, quando alguns investigadores e a imprensa duvidaram que a pessoa enterrada ali fosse, de fato, Oswald. Mas exames comprovaram, sem margem de dúvida, que quem estava sepultado ali era, de fato, Lee Harvey Oswald.

Tags: Kennedy, JFK, assassinato, Lee Oswald






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 21.07

  • Dia de São Daniel
  • Dia do Anjo Hahasiah
  • Dia Internacional do Trabalhador Doméstico