Últimas notícias

Hoje na história

RSS
26 de novembro de 1938.

Na Alemanha, Goering dá a Albert Speer o direito de preferência sobre as construções desocupadas pelas expulsões dos Judeus


Berthold Konrad Hermann Albert Speer (Mannheim, 19 de março de 1905 - Londres, 1 de setembro de 1981) foi o arquiteto-chefe do Terceiro Reich e, a partir de 1942, Ministro do Armamento no Gabinete de Adolf Hitler. Depois da guerra foi julgado no Tribunal de Nuremberg, onde expressou arrependimento e foi condenado a vinte anos de prisão. Depois de libertado tornou-se um autor de sucesso, escrevendo vários livros.

Em 1937 Speer projetou o Pavilhão Alemão para a Feira Mundial de Paris, localizado diretamente do outro lado da rua do pavilhão soviético. Ele foi designado para representar uma defesa maciça contra o comunismo, embora os dois pavilhões tenham sido premiados com medalhas de ouro.

Speer também foi responsável por planejar e construir Berlim, que deveria se tornar uma cidade supra-alemã (Welthauptstadt). O primeiro passo de seus planos foi o estádio olímpico, para os Jogos Olímpicos de Verão de 1936. Speer também projetou a nova Chancelaria do Reich, que incluía um vasto saguão, projetado para ser duas vezes maior que o do Palácio de Versalhes. Hitler queria que fosse construída uma terceira chancelaria ainda maior, mas nunca começou a ser construída. A segunda Chancelaria foi destruída pelo exército soviético em 1945.

A maioria dos edifícios planejados para Berlim não chegou a ser construída. Berlim seria reorganizada junto a uma longa avenida central de cinco quilômetros, e no final, ao norte, Speer planejou construir um edifício com enorme cúpula, baseado na Basílica de São Pedro em Roma, só que com proporções muito maiores.

Na parte sul da avenida seria construído um arco baseado no Arco do Triunfo de Paris, também maior que o francês. Mas o início da Segunda Guerra Mundial levou ao abandono desses planos. Durante seu envolvimento para reconstruir Berlim, ele foi supostamente responsável pela deportação forçada de judeus, e da desapropriação de suas casas para abrir espaço para seus planos e então alojar famílias alemãs envolvidas nesse trabalho.

Tags: Segunda Guerra Mundial, nazismo, judeus






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 07.12

  • Dia de Santo Ambrósio
  • Dia do Pastor Evangélico
  • Dia Internacional da Aviação Civil