Últimas notícias

Hoje na história

RSS
28 de Novembro de 1941.

Segunda Guerra Mundial: o líder nacionalista árabe-palestino Amin al-Husayni encontra-se com Adolf Hitler para trabalhar para os nazistas


Mohammad Amin al-Husayni (1895-1974), também chamado de Al-Husseini, foi um líder Nacionalismo árabe-palestino e um líder religioso muçulmano. Membro de uma das famílias muçulmanas mais proeminentes de Jerusalém, as suas posições mais importantes foram as de Mufti e presidente do Conselho Supremo Muçulmano.

Apesar de ser conhecido normalmente como o Grande Mufti, ou Grão-Mufti, ele não deteve o título oficialmente. Ele desempenhou um grande papel na elaboração dos primeiros movimentos terroristas árabes que atacaram os sionistas na então Palestina e no recrutamento de muçulmanos para combater ao lado do exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial. Ele tornou-se próximo dos círculos da liderança nazista, fazendo discursos anti-semitas nas rádios árabes e desencadeando operações de recrutamento para eles perto do fim da Segunda Guerra Mundial.

Em 1941, após ter organizado um golpe de estado pró-nazista no Iraque que não teve sucesso, Al-Husseini fugiu para a Europa, vestido de mulher, em violação da lei islâmica. Ele encontrou-se com Joachim Von Ribbentropp, ministro de Relações Exteriores da Alemanha entre 1938 e 1945, sendo oficialmente recebido por Adolf Hitler, em 28 de Novembro de 1941, em Berlim.

O Reichsfuehrer-SS Heinrich Himmler fez de Al-Husseini um SS Gruppenfuehrer. O regime nazista estabeleceu para der Grossmufti Von Jerusalem um escritório pessoal a partir do qual ele organizava o seguinte:

a) Propaganda na rádio a favor da ideologia nazista;

b) Espionagem e atividades de subversão em regiões muçulmanas da Europa e do Oriente Médio;

c) Constituição das unidades muçulmanas das Waffen SS e Wehrmacht na Bósnia, Bálcãs, Norte da África e zonas ocupadas na União Soviética;

d) Formação de escolas e centros de treinamento militar para imanes muçulmanos e mulás, que deveriam acompanhar as unidades muçulmanas da SS e Wehrmacht.

Tags: Segunda Guerra Mundial, nazismo, espionagem






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 25.04

  • Dia da ONU
  • Dia de São Marcos Evangelista
  • Dia do Contabilista
  • Dia do Despachante Aduaneiro
  • Dia Internacional do Cão-guia