Últimas notícias

Hoje na história

RSS
28 de dezembro de 1895.

Os Irmãos Lumière apresentam o cinematógrafo, no Grand Café em Paris

Auguste Lumière (esquerda) e Louis Lumière (direita).

Auguste Marie Louis Nicholas Lumière (Besançon, 19 de outubro de 1862 — Lyon, 10 de abril de 1954) e Louis Jean Lumière (Besançon, 5 de outubro de 1864 — Bandol, 6 de junho de 1948), os irmãos Lumière, foram os inventores do cinematógrafo (cinématographe), sendo frequentemente referidos como os pais do cinema.

A invenção do cinematógrafo constitui um marco na História do Cinema. Na descrição dos próprios inventores, tal aparelho permite registrar uma série de instantâneos fixos, em (fotogramas), criando a ilusão do movimento que durante um certo tempo ocorre diante de uma lente fotográfica e depois reproduzir esse movimento, projetando as imagens animadas sobre um anteparo (tela, parede).

O cinematógrafo caracteriza-se por ser um aparelho híbrido, associando as funções de máquina de filmar, de revelação de película e de projeção. Ao contrário de outros aparelhos que dele derivaram, como a câmara com funções exclusivas de captação de imagem e o projetor de cinema, capaz de reproduzir essas imagens sobre uma superfície branca e lisa. Nele se utiliza o mesmo tipo de película usada por Thomas Edison em algumas das suas criações.

Os irmãos Lumière aplicaram no seu aparelho um dispositivo de obturação em forma de cruz de malta, usando película perfurada de 35mm com um processo de arrasto que permite que cada fotograma se imobilize por um instante para ser impressionado, como numa máquina fotográfica, por detrás da objetiva.


Cinematógrafo-Lumière (1895).


A primeira projeção pública de apresentação do invento ocorreu a 28 de setembro de 1895 na primeira sala de cinema do mundo, o Eden, que ainda existe, situado em La Ciotat, no sudeste da França. Mas a verdadeira divulgação do cinematógrafo, com boa publicidade e entradas pagas, teve lugar no dia 28 de dezembro do mesmo ano, em Paris, no Grand Café, situado no Boulevard des Capucines. O programa incluía dez filmes. A sessão foi inaugurada com a projeção de La Sortie de lusine Lumière à Lyon (A Saída da Fábrica Lumière em Lyon). Georges Méliès, o pai do cinema de ficção, esteve presente e interessou-se logo pela exploração do aparelho.

A máquina não foi comercializada pelos seus criadores e cedo surgiram, tanto na França como na Inglaterra, nos E.U.A. e outros países, réplicas do invento.

Os irmãos Lumière produziram, entretanto, inúmeros filmes documentários, formando para isso equipes de operadores que correram meio mundo.

Fonte: Wikipédia


Tags: Cinema, filme, Lumiere






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 22.07

  • Dia de Santa Maria Madalena
  • Dia do Anjo Imamaiah
  • Dia do Cantor Lírico