Últimas notícias

Hoje na história

RSS
09 de Janeiro de 1822.

Dom Pedro I se recusa a voltar para Portugal no dia que ficou conhecido como o 'Dia do Fico'

Dom Pedro I

Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico. Com esta frase Dom Pedro I se recusou a voltar para sua terra natal, Portugal. Este ato do então regente deu maior força ao processo de independência do Brasil e ficou conhecido como o “Dia do Fico”.

Um dia famoso, em 9 de Janeiro de 1822 o então príncipe regente D. Pedro de Alcântara foi contra as ordens das Cortes Portuguesas que exigiam sua volta, ficando no Brasil. Esse é o Dia do Fico.

Por volta de 1821, quando as Cortes Portuguesas mostraram a idéia de transformar o Brasil de novo numa colônia, os liberais radicais se uniram ao Partido Brasileiro tentando manter a autoridade do Brasil. As Cortes mandaram uma nova decisão enviada para o príncipe regente D. Pedro de Alcântara. Uma das exigências era seu retorno imediato a Portugal.

Os liberais radicais, em resposta, organizaram uma movimentação para reunir assinaturas a favor da permanência do príncipe. Assim, eles pressionariam D. Pedro a ficar, juntando 8 mil assinaturas. Foi então que, contrariando as ordens emanadas por Portugal para seu retorno à Europa, declarou para o público: Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico.

A partir daí, D. Pedro entrou em conflito direto com os interesses portugueses, para romper o vínculo que existia entre Portugal e o Brasil.

Este episódio prenunciou a declaração de independência do Brasil que viria a ser efetivada em 7 de setembro de 1822.

Fonte: Wikipédia


Tags: Independência, Dia do Fico, Império do Brasil, Dom Pedro I, Pedro I






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 23.06

  • Dia das Nações Unidas para o Serviço Público
  • Dia de São Zeno
  • Dia do Anjo Melahel
  • Dia do Lavrador
  • Dia Universal Olímpico