Últimas notícias

Hoje na história

RSS
10 de janeiro de 1975.

Michelle Bachelet e sua mãe são presas pelo regime militar chileno


Verônica Michelle Bachelet Jeria (Santiago, 29 de setembro de 1951) é uma médica pediatra e política chilena, atual presidente de seu país.

Membro do Partido Socialista do Chile ocupou o lugar de ministra da Saúde no governo de Ricardo Lagos entre 2000 e 2002, e posteriormente o cargo de Ministra da Defesa, tendo sido a primeira mulher a exercer este cargo na América Latina.

Foi eleita Presidente do Chile para um mandato de 2006-2010, sucedendo ao ex-presidente Ricardo Lagos. Foi a primeira mulher a ser eleita como presidenta na América do Sul.

Com o golpe de estado de 11 de setembro de 1973, Alberto Bachelet, seu pai, é detido na Academia de Guerra Aérea por traição à pátria. Devido às torturas sofridas por parte de seus próprios camaradas, o General falece em 12 de março de 1974 no Cárcere Público de Santiago.

Bachelet continuou seus estudos e apoiando o Partido Socialista na clandestinidade, por este motivo é presa com sua mãe em 10 de janeiro de 1975 e posteriormente torturada e interrogada.

Depois de um ano de reclusão, mãe e filha partiram ao exílio na Austrália, para partir mais tarde à Alemanha Oriental. Neste país, continuou seus estudos em Medicina na Universidade von Humboldt de Berlim e se casou com o arquiteto Jorge Dávalos, pai de seu primogênito, Sebastián, que nasceu em Leipzig.

Tags: Ditadura, prisão, Chile






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 19.07

  • Dia da Caridade
  • Dia de São ímaco (Papa)
  • Dia de São Símaco
  • Dia do Anjo Vehuel
  • Dia Nacional do Futebol