Últimas notícias

Hoje na história

RSS
15 de janeiro de 1919.

A militante polonesa Rosa Luxemburgo é assassinada


Rosa Luxemburgo, (Zamosc, 5 de Março de 1871 - Berlim, 15 de Janeiro de 1919) foi uma filósofa marxista e militante revolucionária polonesa.

A 15 de Janeiro de 1919, após o governo alemão ter colocado as cabeças dos extremistas da esquerda a prêmio, Rosa Luxemburgo, Karl Liebknecht e Wilhelm Pieck - dirigentes do Partido Comunista da Alemanha - foram presos e levados para interrogatório no Adlon Hotel em Berlim.

No mesmo dia, os paramilitares alemães do Freikorps, que mais tarde iriam apoiar os nazistas, levaram-nos do hotel. Nessa altura, Pieck conseguiu fugir e Rosa e Liebknecht receberam coronhadas na cabeça e foram colocados dentro de um carro. Durante o percurso, os dois foram baleados na cabeça e o corpo de Rosa atirado no curso dágua conhecido como Canal do Exército Territorial (Landwehrkanal).

Tags: Assassinato, comunismo, Rosa Luxemburgo, Karl Liebknecht






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 14.11

  • Dia de São Lourenço
  • Dia de São Serapião
  • Dia do Anjo Nelchael
  • Dia dos Bandeirante
  • Dia Mundial do Diabetes
  • Dia Nacional da Alfabetização