Últimas notícias

Hoje na história

RSS
16 de janeiro de 1920.

A lei seca entra em vigor nos Estados Unidos: a produção e venda de bebidas alcoólicas são proibidas no país

Agentes do governo norte-americano confiscando e descartando bebidas clandestinas em Chicago em 1921

Lei seca é uma denominação popular dada à proibição oficial de fabricação, varejo/comercialização, transporte, importação ou exportação de bebidas alcoólicas.

Lei seca nos Estados Unidos

Na história dos Estados Unidos, a Lei Seca, também conhecida como O Nobre Experimento ou Proibição (Prohibition), caracteriza o período de 1920 a 1933 durante o qual a fabricação, transporte e venda de bebidas alcoólicas para consumo foram banidas nacionalmente, como estipulou a 18ª emenda da Constituição dos Estados Unidos. Em 28 de outubro de 1919, o Congresso norte-americano aprovou a Lei de Volstead, que entrou em vigor à meia-noite de 16 de janeiro de 1920. Seu cumprimento foi burlado amplamente pelo contrabando e fabrico clandestino de bebidas alcoólicas.

Em um primeiro momento, houve um grande apoio à medida, mas, depois, o comércio e consumo ilegal de bebidas se tornaram corriqueiros, com o governo fazendo vistas grossas. Traficantes e comerciantes ilegais, como Al Capone, em Chicago, montaram grandes esquemas que lucravam com o consumo ilegal. A medida só seria revogada no governo de Franklin Roosevelt.

Lei Seca é uma denominação popular da proibição oficial do período em que o fabrico, varejo, transporte, importação ou exportação de bebidas alcoólicas se torna proibido ou ilegal.

A Li Seca foi abolida nos Estados Unidos em 5 de dezembro de 1933, tendo assim durado 13 anos, 11 meses e 24 dias.

Fonte: Wikipédia


Tags: Álcool, bebidas, lei seca, Al Capone






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

Comemoramos hoje - 08.07

  • Dia de Santa Priscila
  • Dia do Anjo Haarniah
  • Dia do Panificador