Últimas notícias

Hoje na história

RSS
23 de janeiro de 1997.

Guilherme de Pádua é condenado a 19 anos de prisão pelo assassinato da atriz Daniela Perez


Guilherme de Pádua e Paula Nogueira (ex-Paula Thomaz) assassinaram a atriz Daniella Perez com 18 tesouradas em 28 de Dezembro de 1992, no Rio de Janeiro.

Guilherme de Pádua Thomaz foi julgado e condenado, em 23 de janeiro de 1997, por homicídio duplamente qualificado, com motivo torpe, a 19 anos e 6 meses de cadeia. Cumpriu 6 anos apenas.

A indignação popular que se seguiu a esse episódio, resultou na alteração da Lei dos Crimes Hediondos. A partir daí, o homicídio qualificado (praticado por motivo torpe ou fútil ou cometido com crueldade) passou a ser incluído na Lei dos Crimes Hediondos, que não permite pagamento de fianças e impõe que seja cumprido um tempo maior dá pena para a progressão do regime fechado ao semi-aberto.

Tags: Assassinato, assassino, condenação, novela, Daniela Perez






Opinião do internauta

Deixe sua opinião

  • Por favor, responda a pergunta abaixo.

Hoje na história relacionadas

Comemoramos hoje - 27.06

  • Dia de N.S. do Perpétuo
  • Dia do Anjo Ierathel
  • Dia do Artista Lírico
  • Dia Internacional da Pessoa Surdocega
  • Dia Mundial do Diabético
  • Dia Nacional do Progresso
  • Dia Nacional do Vôlei